Celebridades

Kim Kardashian pede indenização de R$ 40 milhões a app por uso indevido de imagem

Defesa do iHandy alega que seu cliente não sabia que estava usando uma foto da socialite

Kim Kardashian
Kim Kardashian processa app por uso de foto sem permissão - VIA REUTERS
São Paulo

Kim Kardashian, 39, está processando o app iHandy por ter usado uma foto dela, sem autorização. O portal teria utilizado uma imagem da socialite de 2017 para promover seu app, que oferece retoques, como maquiagem e efeitos de emagrecimento, para selfies.

Segundo o TMZ, Kim pede dez milhões de dólares de indenização, o equivalente a cerca de R$ 40 milhões. Os responsáveis pela defesa do aplicativo alegaram que o cliente não sabia que o retrato usado na postagem era de Kim. Essa afirmação fez com que o advogado da empresária reagisse de forma sarcástica.

"O réu afirma, absurdamente, como sua suposta defesa, que não sabia que a foto não autorizada e não licenciada que eles sabidamente roubaram e se apropriaram indevidamente foi a de Kim Kardashian West, uma das mulheres mais famosas e reconhecidas no mundo".

Em outro trecho do processo, o advogado da socialite, diz que o aplicativo "teve até a audácia de ameaçar Kim, para que ela não apresentasse queixa contra eles por sua violação flagrante, ou iriam atrás dela". O valor pedido pela celebridade é referente ao custo para licenciar uma foto sua e também pelo estresse emocional ao qual a mulher do rapper Kanye West, 42, foi submetida

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem