Celebridades

Rodrigo Hilbert diz que cresceu com pai pouco presente: 'Vivi no mundo feminino'

Prestes a completar 40 anos, ator revela por que não tem medo de envelhecer

Rodrigo Hilbert - Instagram/Rodrigo Hilbert
São Paulo

Rodrigo Hilbert, 39, está de volta ao Brasil após passar uma temporada em Los Angeles. Crescido em meio a muitas mulheres, o ator que é marido de Fernanda Lima, 42, diz que se apegou ao universo delas.

“Meu pai não estava muito presente, vivi no mundo feminino”, disse em uma entrevista ao jornal O Globo. Hoje, ele diz sentir mais saudades dos avós Haine e Eda.

"Cresci nos fundos da casa deles. [Tenho saudades] Dos almoços de domingo, dos cafés da tarde diários e intermináveis com cuca, bolo de rolo, e queijo. Atrás da nossa casa, tinha a oficina do meu avô. Tenho saudades das missões que me dava. Ali, me ensinou a ser ferreiro, serralheiro... No mesmo quintal, tinha a chácara onde fui Rambo, Macgyver, Indiana Jones. Tento passar isso aos meus filhos, mas estamos perdendo para celular e tablet. Não dá para ficarem fora do mundo, mas tem que dosar".

Pai de João, Francisco, e de uma terceira filha em breve, Hilbert diz que sempre procura dar o exemplo para os filhos, e por isso acha importante cuidar da casa e reconhecer os seus privilégios – "[Nós homens] Já fomos tão grosseiros e estúpidos, temos que recuperar o tempo perdido com tanta arrogância". Diferente do ator, que diz ter dormido com a mãe até os 14 anos, os filhos já não querem nem mais dormir em casa nos finais de semana. 

Prestes a completar 40 anos, o ator diz que nem a idade e nem o cansaço o alcançaram. Com alimentação regrada e sendo atleta amador de mountain bike, ele diz que não tem medo de envelhecer.

"A idade passa, não adianta sofrer. Mas envelhecer ao lado da minha mulher e dos meus filhos está sendo um aprendizado que nem nos meus maiores sonhos imaginei."

A atividade constante, no entanto, pode render algumas consequências ao corpo –Hilbert afirma que já broxou por cansaço. "Depois dessas provas de mountain bike, nem pensar. A Fernanda vem brincar, mas não rola", conta.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias