Celebridades

Hugo Moura diz que vai provar seu talento e que não se intimida por ser marido de Deborah Secco

Ator faz seu 2º papel na TV como um professor de luta em Malhação

Hugo Moura recebe beijo de Deborah Secco

Hugo Moura recebe beijo de Deborah Secco Marcus Leoni - 19.jun.18/Folhapress

Cris Veronez
Rio de Janeiro

A barba fechada e o cabelo cheio de Robinho, garoto de programa da novela “Segundo Sol” (2018), ficaram para trás. O ator Hugo Moura, 28, está em outra. Agora, ele tem o rosto liso, cabelos curtos e muito mais destaque como o professor de luta Daniel, de “Malhação - Toda Forma de Amar”. 

“Quando Segundo Sol estava no fim, eu logo comecei a correr atrás de testes. Mandei uma mensagem para o [diretor] Adriano Melo. Pedi para fazer testes para a atual temporada de ‘Malhação’ e ele aceitou. Fui aprovado em janeiro. Quase me matei de ansiedade”, conta Hugo, em entrevista à Folha.

Pai de Maria Flor, 3, fruto de seu casamento com a atriz Deborah Secco, 39, Hugo diz que rejuvenesceu “uns dez anos” quando tirou a barba e e mais uns cinco quando cortou o cabelo. “Tinha uns cinco ou seis anos que eu não ficava sem barba. Está todo mundo adorando. Maria não estranhou. As crianças se adaptam mais fácil”.

Mas não foi apenas o visual que Hugo teve que mudar para o novo personagem, também teve que praticar muay thai, arte marcial que o professor Daniel ensina na recém-iniciada fase de “Malhação”. O ator disse que incorporou treinos pesados da luta em sua rotina, pelo menos cinco vezes por semana, e que as aulas o ajudam a extravasar.

“Acho que todo mundo tem um caos interno, mas nós artistas talvez sejamos mais conscientes deste caos. Eu, por exemplo, preciso liberar energia. Tem uma coisa espiritual muito forte na luta. Não é só lutar, você fica em contato com o espiritual, com o físico… Acho que é mais do que simplesmente uma luta. Estamos em contato com tradições milenares. Isso é transformador”, diz.

Segundo Moura, todos os professores estão servindo de inspiração: “Tem uma coisa que é unanimidade: todos são superdoces, meigos, ao contrário daquela caricatura do lutador bronco, que não liga para nada. Todos se preocupam com o outro, gostam de olhar nos olhos, são contra brigas de rua e uso muito isso como inspiração para o Daniel.”

Na trama, Daniel se envolve com a aluna Jaqueline (Gabz), a contragosto do mestre Madureira (Henri Casteli), que reprova o envolvimento amoroso entre o funcionário e a jovem, por uma questão de disciplina em ambiente de trabalho. Na internet, já existe torcida para o casal e Hugo acredita que a entrega de Gabz, 20, foi essencial para que o público acreditasse e torcesse pelo relacionamento.

O ator, que costuma assistir aos episódios da novela teen ao lado da esposa, diz aproveitar bastante os conselhos dela. “Ela vai me falando tudo o que ela acha da cena em si, não só do beijo. Deborah não tem ciúme. Ela já fez muito isso, né? Quem já fez Bruna Surfistinha, já sabe muito bem o que é e o que não é real [risos]”.

ANGÚSTIA E AUTOCRÍTICA 

Hugo afirma ser bastante crítico com o próprio trabalho, mas revela que tem se atrapalhado um pouco na hora de fazer sua autoanálise: “O que eu estava sentindo na cena, seja angústia, tristeza ou felicidade, trago para mim quando estou assistindo. Por isso eu preciso muito da Deborah, porque ela me dá um feedback”. 

Apesar de estar apenas no começo de sua carreira televisiva, Moura afirma já se sentir realizado profissionalmente por poder se sustentar com sua arte. Mas diz que batalha diariamente para manter e perpetuar suas conquistas. 

No caso de “Malhação”, o seu personagem pode ganhar ainda mais destaque, já que Daniel revelou para Jaqueline, nos últimos capítulos, um drama familiar que, se depender de Hugo, ainda será bastante explorado pelo autor, Emanuel Jacobina.

“A cena em que Daniel conta a história da vida dele e mostra para a Jaqueline que ele não está ali de brincadeira foi uma das mais desafiadoras que fiz. Ele está na Baixada Fluminense não só porque precisou, mas porque ele bateu no pai, que batia na mãe. Ele resumiu a história dele em trinta segundos de cena.”

Além de empenhado em mostrar seu talento, Hugo mostra também que não se intimida por ser casado com Deborah Secco: “Se as pessoas precisam que eu prove que realmente estou empenhado em ser um bom ator, então vamos provar, vamos cair para dentro [...]  Esse estigma é muito forte, mas uso isso como um impulso e não como uma âncora.”

Hugo e Deborah se casaram em 2015, mesmo ano em que nasceu a filha do casal, Maria Flor. A pequena conquistou o carinho do público, que acompanha seu dia a dia pelas redes sociais. Nesta semana, Maria Flor estampou sua primeira capa de revista, a “Harper’s Bazaar Kids”.

“Foi tudo muito conversado entre eu e Deborah, e resolvemos que a Maria é quem tomaria sua própria decisão. Foi impressionante, porque ela ficou muito à vontade no set. A gente sempre tenta levar as coisas de uma forma lúdica. Ela é uma menina muito madura e tentamos equilibrar essa maturidade dela dando um suporte lúdico. Foi muito bom. A gente fica babando. Ela é linda demais”, afirma ele.
 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias