Celebridades

Fabio Porchat lança talk show beneficente no teatro e prepara filmes e programas: 'Céu é limite'

'As pessoas têm curiosidade de saber da vida do artista'

Fabio Porchat conta que tem diversos projetos de trabalho
Fabio Porchat conta que tem diversos projetos de trabalho - Marcus Leoni / Folhapress
Leonardo Volpato
São Paulo

Definitivamente, Fabio Porchat, 35, é um viciado em trabalho. O apresentador conta que tem projetos para cinema, Netflix, TV e internet. "O céu é o limite", brinca. Porém, o mais próximo é o Fabio Porchat Convida, um talk show beneficente que ele vai realizar nesta quarta-feira (22), no Teatro Bradesco, em São Paulo.

A ideia é receber nessa primeira edição os humoristas do grupo de improviso Barbixas. Toda a renda será revertida para a ABACE (Associação Buriti de Arte, Cultura e Esporte), da qual Porchat é padrinho há quatro anos.  Os igressos são vendidos na bilheteria por R$ 100 a inteira.

“Tive essa ideia depois que o segmento do programa de entrevistas deu tão certo. As pessoas têm curiosidade de saber da vida do artista. Pensei: por que não levar ao teatro esse formato?’. Será semelhante ao que eu já fazia. Terá monólogo, stand-up comedy, entrevista e brincadeiras", adianta.

A expectativa é que o projeto rode por outros lugares do Brasil ainda neste ano. Inicialmente, Fabio vai fazer mais duas apresentações em São Paulo, uma em agosto e outra em novembro, e uma no Rio de Janeiro, em dezembro. "Quero viajar. Posso adiantar que a Xuxa já topou ser a entrevistada no Rio.”

Além do talk show, Porchat afirma que está envolvido em vários projetos até o ano que vem. Ele escreverá três filmes para a Netflix, sob o roteiro da produtora de conteúdo Porta dos Fundos: "Escreverei para os próximos três anos. Só eu e o Rafael Portugal atuaremos, mas ainda não tenho a sinopse nem mais detalhes. Estou pegando ideias."

Já na TV, Porchat terá um novo programa no GNT no segundo semestre –atualmente, ele está com o Papo de Segunda no canal. “Vou ser apresentador, mas não será um talk show tradicional. Estamos começando a formar equipe, diretor. Haverá convidados famosos e anônimos e o nome será Que Historia É Essa, Porchat?. Quero que nele as pessoas contem suas histórias”, revela Porchat, que também fala bem sobre o seriado ", atualmente na grade de programação do Comedy Central e bem aceito pela crítica.

Em oito episódios, “Homens?” traz histórias, dilemas e evoluções de quatro protagonistas. O machismo dentro da família, dentro do trabalho e a impotência sexual são alguns dos temas abordados entre eles. Acompanhando Porchat, estão Raphael Logam, Gabriel Louchard e Gabriel Godoy.

Mas se na GNT tudo parece caminhar para um acerto, na Globo as negociações ainda não terminaram. Porchat brinca que todo o mundo gostaria de vê-lo na emissora carioca, mas diz que ainda não há nada fechado. “Tem história que estou negociando com todos, mas não tem nada definido nem determinado. Já fui lá na Globo conversar, não apresentei projeto, só falamos, falei com o Marcius Melhem. Tenho vontade de fazer meus projetos”, diz. Ele completa. “Claro que seria ótimo fazer uma série na Globo.”

E os projetos não param. O canal no YouTube Porta dos Fundos vai passar por um processo de internacionalização. Porchat, inclusive, viajaria para o México para divulgar por lá os esquetes. O canal também produzirá novas séries e formatos. Fabio ainda diz querer ir para os Estados Unidos para estudar.

Com tanta coisa, fica difícil imaginar que o apresentador consiga dormir. “Consigo, sim. Umas seis horinhas já está bom”, diverte-se. “É gostoso trabalhar. Aliás, minha diversão também é meu trabalho, como um cinema, uma peça de teatro que assisto. Tem até tempo para ver os jogos do Vasco”, conclui.
 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias