Celebridades

Ellen DeGeneres conta como foi abusada pelo padrasto na adolescência

'Não quero que nenhuma garota deixe que ninguém lhe faça algo assim', diz

A humorista e apresentadora Ellen DeGeneres
A humorista e apresentadora Ellen DeGeneres - Ryan Pfluger/The New York Times
Los Angeles

A comediante Ellen DeGeneres, 61, contou em um programa de entrevistas como foi abusada sexualmente pelo padastro e lamentou por sua mãe não ter acreditado nela quando, anos mais tarde, decidiu contar o que aconteceu. 

"É uma história verdadeiramente horrível e a única razão pela que vou entrar em detalhes é porque não quero que nenhuma garota deixe que ninguém lhe faça algo assim", disse DeGeneres ao apresentador David Letterman numa entrevista que será exibida em seu programa na Netflix, "My Next Guest Needs No Introduction".

A violência ocorreu quando a mãe de DeGeneres, que então tinha 15 anos, foi diagnosticada com câncer de mama.

A famosa apresentadora disse que seu padrastro, que já faleceu, abusou pela primeira vez dela com a desculpa de que tinha tocar os seios dela para verificar se ela tinha ou não algum nódulo como ele sentiu nos seios da mãe dela. 

"Ele me disse que sentiu um caroço em seus seios (da minha mãe) e que precisava sentir os meus", disse a apresentadora. 

"Me convenceu que precisa tocar os meus peitos e depois tentou fazer de novo e de novo. Uma vez tentou derrubar minha porta, fugi pela janela e corri, porque sabia que haveria algo a mais".

DeGeneres destacou que nunca contou a história para a mãe porque queria protegê-la e não estragar sua felicidade.

"Devia ter me protegido e eu não falei nada para ela por muitos anos", afirmou. "Quando eu disse para ela, ela não acreditou e ficou ao lado dele por mais 18 anos".

A mãe dela acabou deixando o marido quando notou que ele mudava a versão dos fatos cada vez que ela perguntava sobre a história.

A comediante, que se declarou abertamente homossexual em 1997, disse que decidiu falar publicamente sobre a sua experiência para inspirar a outras mulheres fazer o mesmo.

AFP
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias