Celebridades

Famosos declaram luto e apoio às famílias após incêndio no Flamengo: 'É dor que não acaba mais'

Tragédia deixou dez mortos e três feridos na manhã desta sexta-feira

Homem ao lado do brasão do Flamengo do lado de fora do centro de treinamentos do Flamengo
Homem ao lado do brasão do Flamengo do lado de fora do centro de treinamentos do Flamengo - Carl de Souza/ AFP
São Paulo

Celebridades e esportistas usaram suas redes sociais, nesta sexta-feira (8), para declarar luto e apoio às vítimas do incêndio que atingiu o Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo, deixando dez mortos e três feridos nesta manhã. “Outra tragédia! É dor que não acaba mais...”, afirmou a apresentadora Sônia Abrão, 60. 

As mensagens foram publicadas desde o início da manhã com imagens do escudo do Flamengo e com a hashtag #ForçaFlamengo. Segundo informações iniciais, entre as vítimas estão funcionários do clube e jogadores das categorias de base, com idades entre 14 e 17 anos. Um dos feridos também está em estado grave. 

“O dia mais triste na história da nação rubro-negra. Uma tragédia humana. Ainda em choque, deixo todo meu amor para a família das vítimas”, afirmou o ator Pedro Neschling, 36. “Que tragédia!!! Que tristeza!! Que Deus possa confortar os familiares”, disse a modelo Monique Evans, 62. 

Jogadores de futebol também se manifestaram: “Tristeza muito grande, meus pêsames e sinceros sentimentos a todos familiares e a nação rubro-negra”, afirmou Ronaldinho, 38; “Passei praticamente minha infância inteira morando em alojamento em busca do meu sonho. Meus sinceros sentimentos aos familiares”, afirmou Denilson, 41.

 

Veja posts de famosos: 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias