Celebridades

Jean Wyllys recebe apoio de Paulo Betti, Camila Pitanga e outros famosos após ameaças de morte

Parlamentar diz que não assumirá novo mandato e deixará o Brasil

O agora ex-deputado federal Jean Wyllys, 44
O agora ex-deputado federal Jean Wyllys, 44 - REUTERS
São Paulo

​Vários artistas usaram as redes sociais nesta quinta-feira (24) para declarar apoio ao deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), 44, que, apesar de ter sido reeleito para o seu terceiro mandato, decidiu não tomar posse no dia 1º de fevereiro após ter recebido ameaças

“Guerreiro. Amigo de tantas lutas, tantas dores, tantas vitórias. Me representa. A luta continua. É tudo tão inaceitável ser ameaçado de morte, sofrer retaliações, perder lugar de fala. Avante”, publicou a cantora Maria Gadú, 32, em sua conta no Instagra foto junto com o político e relembrou os anos de amizade:

Em entrevista exclusiva à Folha, o parlamentar, que é homossexual assumido e está no momento no exterior, disse que não pretende voltar ao país e que quer seguir a carreira acadêmica. Desde o assassinato de Marielle Franco, em março do ano passado, ele já vive sob escolta policial.

"Me apavora saber que o filho do presidente contratou no seu gabinete a esposa e a mãe do sicário", afirmou Wyllys. "O presidente que sempre me difamou, que sempre me insultou de maneira aberta, que sempre utilizou de homofobia contra mim. Esse ambiente não é seguro para mim", acrescenta.  ​

Publicação de despedida do ex-deputado federal Jean Wyllys
Publicação de despedida do ex-deputado federal Jean Wyllys - Reprodução

Paulo Betti, Daniela Mercury, Camila Pitanga e vários outros artistas também se manifestaram em favor do parlamentar. "Recebi a notícia de seu autoexílio com espanto e profundo respeito. Muito amor a você, a sua caminhada. Mão estendida aqui sempre", afirmou Pitanga. 

“Jean, sim, nos representa lá fora com coragem, consciência e inteligência para muito além dos 6 minutos de fake news que iludiu os robôs. Ainda dá tempo de recobrar a consciência, gente! Ainda dá tempo de se proteger, Jean! Obrigado, amigo”, afirmou o ator Luis Lobianco.

O ator Jesuíta Barbosa republicou uma mensagem de David Miranda, suplente que vai assumir a vaga de Wyllys, com a mensagem “Amanhã vai ser um outro dia”. “Sai um LGBT e entra outro”, afirmou Miranda em sua mensagem direcionada ao presidente, Jair Bolsonaro: "segura sua empolgação", afirmava.

Paulo Betti também comentou a comemoração de Bolsonaro nas redes sociais: "Muito grave o presidente comemorar o autoexílio de um deputado federal eleito porque está sendo ameaçado de morte, existe comissão de ética para esse tipo de comportamento? Jean Willys tem minha total solidariedade!"

 

 

Veja outras manifestações de artistas: 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem