Celebridades

'País só será decente quando sociedade aprender a respeitar opinião do outro', diz Faustão

Apresentador deu recado antes que o resultado da eleição fosse divulgado

O apresentador Faustão vai votar em escola de São Paulo
O apresentador Faustão vai votar em escola de São Paulo - Eduardo Martins/AgNews
São Paulo

O apresentador Faustão pronunciou um forte recado no encerramento de seu programa neste domingo (28), pouco antes de serem conhecidos os resultados que culminaram na eleição do capitão reformado Jair Bolsonaro (PSL). 

Antes de encerrar a versão reduzida de seu programa que foi ao ar neste domingo, Faustão pregou união e responsabilidade dos governantes eleitos.


Haddad presidente: Saiba quais famosos apoiam eleição do petista

Bolsonaro presidente: Saiba quais famosos apoiam eleição do capitão reformado

Danilo Gentili e Lobão encenam 'velório do PT' em rede social

Pabllo Vittar e outros artistas falam em paz e resistência: 'Ninguém solta a mão de ninguém'


“O Brasil hoje, numa data histórica, escolhe seu novo presidente de maneira democrática. O que a gente tem que rezar, seja quem for o vencedor, que ele tenha inteligência, paciência, serenidade, lucidez, para unir o Brasil, governar para todo mundo, combater a corrupção, não prometer o que não pode cumprir", disse o apresentador.

"É o mínimo que tem que fazer um cara decente com um país tão sofrido e tão roubado quanto o Brasil”, disse Faustão.

O apresentador também cobrou responsabilidade da oposição. “Assim como a gente tem que rezar e torcer, não importa quem seja o ganhador, a mesma coisa o outro lado tem que mostrar. Saber perder a eleição, enfiar viola no saco, fazer uma autocrítica e principalmente, depois, fazer oposição com responsabilidade”, afirmou.

"Nunca colocar o interesse do partido ou de cada um, acima do interesse desse país. Esse país só vai ser decente quando a sociedade aprender a conviver com vários gêneros, aprender a respeitar a opinião do outro, só assim que a gente vai melhorar”, concluiu Faustão.

 
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias