Celebridades

Maísa diz que 'faria tudo por um pop star' e que tinha escova de dentes do Justin Bieber

Atriz protagoniza longa adolescente "Tudo por um Pop Star"

Maísa Silva no lançamento do filme "Tudo por um Pop Star"
Maísa Silva no lançamento do filme "Tudo por um Pop Star" - Reprodução/Instagram
Fabiana Schiavon
São Paulo

Fãs de Justin Bieber, atrizes do filme "Tudo por um Pop Star". Maísa Silva (Gabi), Klara Castanho (Manu) e Mel Maia (Ritinha) dizem ter feito loucuras por seus ídolos, assim como suas personagens no filme.

O longa, que estreia dia 11 de outubro, é baseado no livro de mesmo nome da autora Thalita Rebouças, que também já teve "Fala Sério Mãe", entre outros livros, adaptados para o cinema. 

Maísa diz que já invadiu muitos camarins de famosos em bastidores de programas de TV e não nega ser uma 'supertiete'. Seu maior ídolo foi o Justin Bieber. “Eu tinha até escova de dentes que canta do Justin  - sim, a música ficava tocando enquanto eu escovava os dentes. Também tinha linha de esmaltes, mochila e tudo o mais o que se possa imaginar”, revela Maísa.

Ao contrário de sua personagem Ritinha, Mel Maia diz que faria qualquer loucura por um ídolo. No filme, enquanto Manu e Gabi topavam até pular pela janela, Ritinha passava mal só de imaginar que poderia acontecer com as amigas. “Olha, principalmente se a Selena Gomez aparecer por aqui, eu faço uma loucura sim”, brinca Mel Maia. 

Giovanna Lancelotti diz que era tão fã de Sandy & Junior que invadiu o colégio deles e ficou na porta da  casa dos músicos, em Campinas. “Um moço atendeu e falou que a Sandy não estava, mas eu gritava e chorava dizendo que ele estava mentindo”, brinca a atriz. 

Já João Guilherme disse que não sabia que poderia ser fã até de alguém até ver o ator americano Chris Pratt. “Não conseguia respirar, fiquei totalmente em choque. Eu tirei uma foto e não conseguia desmanchar o sorriso”, brinca o ator, que é fã de “Os Vingadores: Guerra Infinita”.  

O FILME

Mais um livro da escritora Thalita Rebouças vai parar nos cinemas. Após “É Fada”, “Fala Sério Mãe” e outros títulos, a best-seller infantojuvenil convocou as atrizes Klara Castanho, Maisa Silva e Mel Maia para o longa “Tudo por um Pop Star”.

Melhores amigas e fãs da banda americana Slava Body Disco Disco Boys, as três ficaram desesperadas quando descobrem que os músicos farão um show no Rio de Janeiro. Vivendo no interior, elas armam muita confusão para conseguir convencer os pais de que não podem perder o show mais importante da vida delas.

Manu (Klara Castanho), Gabi (Maisa Silva) e Ritinha (Mel Maia) tomam conta do filme junto com Babete (Giovanna Lancellotti), a prima avoada e mais velha de Manu, que ajuda as três a completarem essa missão. Apesar do tom juvenil, a história diverte com bons diálogos e cenas musicais. 

“A essência do livro continua a mesma, mas como ele foi publicado em 2003, incluímos alguns personagens e mais cenas com celular e redes sociais. O Felipe Neto, por exemplo, vive um youtuber na história”, conta Thalita Rebouças.  

É a primeira vez que as três atrizes mirins trabalham juntas. "Elas se transformaram nos personagens do filme e se tornaram grandes amigas", afirma Thalita Rebouças. "Aprendi muito com a Klara e a Mel que são dois monstros de atuação. Estou apenas começando", disse Maísa.

THALITA COMO ROTEIRISTA E PARCEIRA MUSICAL

Autora do livro, a própria Thalita também assina o roteiro do filme, e teve ajuda do namorado Daniel Lopes, produtor musical, para criar canções reais para a banda criada por ela. “O legal é que perguntam sempre se vai ter turnê do Slava Body depois do filme, mas isso foi só uma banda que saiu da minha cabeça”, brinca a escritora. “O ‘Fala Sério, Mãe’ já teve um clipe e uma música tema, então esse filme não poderia faltar. A ideia era mesmo uma música bem chiclete para o pessoal sair do cinema cantando”, afirma Thalita Rebouças. 

O longa “Fala Sério, Mãe” (2017) teve como protagonistas as atrizes Larissa Manoela e Ingrid Guimarães. O ator João Guilherme Ávila, que também esteve nesse último filme, vive um dos músicos da Slava Body em “Tudo por Um Pop Star”. “Adorei poder cantar e gravar todas essas músicas com artistas internacionais no filme”, conta João Guilherme, que dançou, cantou e tocou nas cenas.

Thalita Rebouças já lançou mais de 20 livros e teve suas histórias adaptadas para o teatro, cinema e séries de TV. A autora diz, no entanto, que não imaginava saber tanto sobre adolescentes. “Na verdade, meu primeiro livro, ‘Traição Entre Amigas’, foi feito para jovens adultos, mas os adolescentes começaram a me procurar e dizer que eu entendia muito eles e eu neguei até perceber que era melhor escrever diretamente para eles”, conta Thalita.

Ela lançou o seu primeiro livro em 2000. “O mais legal desse público é a intensidade em tudo. O adulto diz que achou o livro legal, e eles chegam surtando dizendo que foi a história mais irada que eles já viram”, brinca Thalita.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias