Celebridades

Ivete Sangalo e gêmeas recebem alta da maternidade

Cantora deu à luz Marina e Helena no último sábado (10)

Ivete Sangalo e familia deixam Hospital Aliança em Salvador/BA
Ivete Sangalo e familia deixam Hospital Aliança em Salvador/BA - AgNews

São Paulo

Ivete Sangalo, 45, e o marido Daniel Cady, 32, deixaram a maternidade com as gêmeas Marina e Helena nesta quarta (14). A cantora deu entrada no hospital Aliança, em Salvador (BA) para dar à luz no dia 10 de fevereiro. 

Acompanhada do marido e do filho mais velho, Marcelo, 8, Ivete deixou a unidade de saúde sem falar com a imprensa. "Só não vou falar com vocês porque todo mundo aí estava no Carnaval", disse ela, segundo o "G1".

Na entrada do hospital, a cantora acenou para fãs que esperavam sua alta. Ivete sentou-se no banco de trás do carro, com as gêmeas e o filho. A família seguiu para o apartamento da cantora, no bairro de Campo Grande, em Salvador. 

Nesta terça (13), Ivete fez sua primeira aparição pública​ após o nascimento das bebês. A cantora apareceu na sacada do hospital e falou brevemente com a imprensa local.

"Está tudo ótimo. As meninas são lindas, o parto foi lindo, [elas] são quietas. Estou amamentando as duas ao mesmo tempo. Nas primeiras noites, a adaptação é mais difícil, mas já se apegaram, e eu tenho muito leite, graças a Deus", disse a artista.

MODERAÇÃO

O pai de Marina e Helena não pensou duas vezes na hora de proteger as filhas recém nascidas. Um dia depois de virem ao mundo, Daniel Cady publicou um comunicado nas redes sociais, pedindo que as visitas fossem moderadas.

"Olá pessoal! Estamos muito felizes com todas as manifestações de amor que estamos recebendo. Ivete, Marina e Helena estão muito bem, passaram a noite muito tranquilas. A recomendação médica é de repouso e moderação nas visitas, já que no Carnaval aumenta muito o índice de viroses na cidade. Agradeço muito a compreensão de todos e todo o carinho que estamos recebendo", disse ele. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem