Celebridades

'Acho chato gente que acredita demais na própria beleza', diz Juliana Paes



Linda, carreira bem-sucedida e humilde. No maior estilo "gente como a gente", Juliana Paes, 38, também tem seus momentos de não se achar bonita.   

"Acho chato gente que acredita demais na própria beleza. Não me sinto bonita o tempo todo", disse a atriz durante participação no "Conversa com Bial", talk show de Pedro Bial na Globo, que vai ao ar nesta quinta (30).

"Acho que fico bonita dependendo da luz, da roupa e da personagem", completa. 

A intérprete da "perigosa" Bibi em "A Força do Querer", folhetim de Gloria Perez que acabou em outubro, é considerada uma das mulheres mais bonitas do país. 

Por três vezes —em 2006, 2007 e 2012—, Juliana foi eleita a mulher mais sexy da tradicional lista da revista "VIP". Em 2017, o posto foi de Paolla Oliveira, que contracenou com a atriz na última trama da faixa das nove da Globo como a policial —e rival— Jeiza. 

Nos próximos dias, Juliana volta à telinha no "Vale a Pena Ver de Novo", também da emissora carioca, que vai reprisar a novela "Celebridade". Na trama de Gilberte Braga exibida em 2003, a atriz deu vida a Jacqueline Joy, uma aspirante a famosa que aprontava todas com a manicure Darlene, papel de Déborah Secco. 


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem