Celebridades

Carrie Fisher ameaçou com língua de vaca produtor que assediou sua amiga



Na sexta-feira (13), a roteirista Heather Ross, que foi amiga de Carrie Fisher, contou para um programa de rádio de Tucson, no Estado americano do Arizona, que foi vítima de assédio sexual causado por um produtor de filmes de Hollywood.

Ross disse que o produtor a chamou para jantar para discutir sua participação em uma produção, mas, no caminho para o restaurante, a atacou dentro do carro.

Ela contou o que aconteceu à sua amiga e Fisher decidiu mandar um recado para o produtor.

A atriz foi até o estúdio em que ele trabalhava e lhe entregou pessoalmente uma caixa com um laço branco. Nela, havia uma língua de vaca e a mensagem "se você tocar na Heather ou em qualquer mulher de novo, a próxima entrega será algo seu em uma caixa bem menor".

"Ela estava muito preocupada com a minha segurança", disse Ross, que ressaltou como sua amiga sempre apoiava quem precisasse de ajuda.

A revelação veio em meio às denúncias de várias atrizes sobre o produtor Harvey Weinstein e outros homens do setor.

Jennifer Lawrence e Reese Witherspoon foram as últimas a reclamarem de abusos sexuais sofridos no passado dentro de Hollywood.

"Hoje as pessoas estão se sentindo seguras para denunciar essas situações, temos que ter tolerância zero", disse Ross.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias