Bichos

Dragões azuis raros são encontrados nos Estados Unidos; conheça o bicho aquático

Lesma marinha tem cerca de três centímetros e picada dolorida

Dragão Azul (Glaucus atlanticus) - Divulgação
São Paulo

Um grupo de lesmas marinhas raras com coloração azul foi encontrado no litoral do Texas (EUA) e virou assunto na região. Chamados de dragões azuis, os bichos medem cerca de três centímetros, mas têm uma picada dolorida que pode doer mais do que a de uma água-viva.

O Oceanário Nacional de Padre Island alertou os visitantes para o aparecimento do bicho: “Não deixem que o tamanho deles te engane, eles têm uma defesa digna do nome dragão. Então, se encontrar um dragão no parque, fique maravilhado, pois são um achado raro, mas também mantenha a distância”, dizia o comunicado.

À CNN dos Estados Unidos, a porta-voz do parque Jamie Kennedy contou que muitos visitantes da praia haviam se deparado com os dragões azuis. E também revelou que nunca havia visto algo como isso durante todo o tempo em que trabalhava na área. A página oficial do parque no Facebook informou que um garoto de sete anos achou quatro dragões azuis no local.

Glaucus atlanticus é o nome científico do bicho, normalmente achado nos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico. Nas redes sociais, o parque fez um novo alerta aos visitantes.

“Os dragões azuis são predadores das caravelas-portuguesas. Depois de se alimentar, eles movem as células pungentes delas (cnidócitos) para o final de seus ‘dedos’. Como eles são capazes de concentrá-las, sua picada pode ser mais dolorosa”, postou.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem