Você viu?

De Tati Quebra Barraco a Caetano Veloso, famosos se manifestam sobre situação política do país; veja repercussão 

O presidente Michel Temer foi gravado por um dos donos do grupo J&F, proprietário do frigorífico JBS, falando sobre a compra do silêncio do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A informação foi divulgada nesta quarta (17).

Segundo Joesley Batista, da JBS, o presidente disse: "Tem que manter isso, viu?".

Executivos do grupo também afirmam que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley Batista para pagar sua defesa na Operação Lava Jato.

Desde então, a instabilidade política no país virou assunto a ser discutido entre os brasileiros, de anônimos a famosos. 

Pelas redes sociais, é forte a repercussão do assunto, inclusive entre as celebridades.

A cantora Tati Quebra Barraco, por exemplo, se manifestou no microblog Twitter. 

Já o músico Caetano Veloso se manifestou no Instagram.

Confira abaixo algumas manifestações virtuais. 



Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem