Música

Eddie Vedder revela que já levou soco na cara de Paul McCartney: 'E doeu'

Eddie Vedder se apresenta com a banda Pearl Jam em São Paulo
Eddie Vedder, vocalista do Pearl Jam, durante show no estádio do Morumbi, em São Paulo - Adriano Vizoni; Folhapress


O cantor Eddie Vedder já levou um soco na cara de ninguém menos do que Paul McCartney. Doeu por dias, e o líder do Pearl Jam até chegou a sangrar.

Seria esse o lado oculto e "revoltz" do beatle, há décadas conhecido pelo discurso pacifista? Não exatamente. Na verdade, foi sem querer.

"Eu tive a sorte de estar num bar de um hotel em Seattle com ele. E ele estava contando uma história de como ele uma vez socou um cara. E, quando ele fez isso, ele usou o braço esquerdo para mostrar como ele havia acertado esse cara. E eu fui atingido!", revelou Vedder em entrevista ao canal web SiriusXMs.

"Paul McCartney me acertou na cara. E doeu! (risos). Lembro de sentir gosto de sangue", prosseguiu o vocalista, que disse ter levado tudo da melhor maneira possível. "Era uma grande fase da minha vida, e eu fui atingido por ele. Lembro que doeu por dias e, quando a dor e o inchaço melhoraram, lembro de ter sentido falta deles."

Ouça o trecho da entrevista em que Vedder revela o incidente.



Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem