Tony Goes

O drama por trás do tema de abertura da novela 'Tempo de Amar'

A Globo divulgou esta semana a canção que acompanhará os créditos de abertura da novela "Tempo de Amar", que estreia no próximo dia 26 na faixa das 18h.

Trata-se de "Amar pelos Dois", que em maio passado trouxe para Portugal sua primeira vitória no festival Eurovision, disputa de canções onde concorrem quase todos os países europeus.

A inédita façanha também transformou em astro, do dia para a noite, o jovem intérprete da música: Salvador Sobral, 27, até então mais acostumado às pequenas plateias dos clubes de jazz.

O rapaz foi recebido por uma multidão no aeroporto de Lisboa ao retornar de Kiev, na Ucrânia, onde aconteceu o festival. Desde então, seus concertos lotaram por todo o país, e ele virou figura fácil na mídia de lá.

Mas Sobral não se sente confortável com a fama súbita. Durante um show em benefício às vítimas dos incêndios que assolaram o centro de Portugal em junho, o cantor provocou o público: "Eu sinto que posso fazer qualquer coisa que vocês aplaudem. Vou mandar um peido para ver o que acontece."

Não se trata de estrelismo, mas sim de uma mistura de timidez com repúdio às engrenagens da indústria pop. Salvador Sobral preferia ficar conhecido aos poucos, como um músico sério e competente, e não como o responsável por um gigantesco e solitário sucesso radiofônico.

Seu único álbum até o momento, o sofisticado "Excuse Me" (disponível em todas as plataformas de streaming), traz só uma faixa em português —um cover de "Nem Eu", do brasileiro Dorival Caymmi. O resto todo é cantado em inglês e espanhol, sem maiores concessões ao gosto popular.

Mas Salvador Sobral também enfrenta um problema muito mais sério do que o incômodo com a celebridade repentina.

Desde que surgiram os primeiros vídeos de suas performances de "Amar pelos Dois" —onde ele aparece se contorcendo de maneira bizarra, como se sentisse dores ou lhe faltasse o fôlego— Salvador viu seu estado de saúde ser esquadrinhado pela imprensa portuguesa.

Especulou-se que ele sofreria de epilepsia, ou das consequências da retirada de uma hérnia de disco. Depois de meses de boatos, o próprio cantor admitiu que é cardiopata.

No dia 10 de agosto, Sobral promoveu um concerto de despedida no Estoril, um balneário próximo a Lisboa. E anunciou em sua página no Facebook que iria dar uma pausa em sua carreira, para cuidar da saúde delicada.

Neste exato momento, Salvador Sobral está internado em Lisboa, à espera de um transplante de coração. E justo quando "Amar pelos Dois" está prestes a se tornar conhecida no Brasil, o que lhe trará um público ainda maior. Não deixa de ser uma trágica ironia.

Tony Goes

Tony Goes tem 56 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.blogspot.com

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem