Tony Goes

Se Rodrigo Faro renovar com Record, como ficará o domingo da Globo?

O apresentador Rodrigo Faro ao lado da mulher, Vera Viel, no no Baile da Vogue, em São Paulo
O apresentador Rodrigo Faro ao lado da mulher, Vera Viel, no no Baile da Vogue, em São Paulo - Bruno Poletti-16.fev.2017/Folhapress


É comum que, na época de renovar contrato com uma emissora de TV, um artista deixe vazar para a imprensa que está sendo sondado pela concorrência. Às vezes não é verdade: apenas um truque para valorizar o próprio passe.

Mas às vezes faz sentido. Como no caso do apresentador da Record, Rodrigo Faro, que, segundo notícias que circularam na semana passada, teria sido procurado por emissários da TV Globo.

Faro trabalhou por 11 anos na emissora carioca, sempre como ator. Também foi como ator que se transferiu para a Record, em 2008. Mas naquele ano começaria uma outra carreira na nova casa: a de apresentador.

Substituiu Márcio Garcia em "O Melhor do Brasil", e se deu bem. Em 2013, o programa foi transferido dos sábados para os domingos, e Faro se mostrou competitivo no dia mais disputado da televisão brasileira. No ano seguinte, já consolidado no horário, deu seu próprio nome para a atração que comanda até hoje: "A Hora do Faro".

Rodrigo Faro é, sem sombra de dúvida, a maior revelação de apresentador da última década. Bonito, seguro, simpático e espontâneo, ele também tem uma vida pessoal regrada, o que sempre atrai anunciantes.

É só questão de tempo para que a TV Globo se empenhe em tê-lo de volta, se é que este movimento ainda não começou. Aos 44 anos, Faro parece ser o futuro dessa peculiaridade da nossa TV: o programão de domingo, com muitas horas no ar e quadros bem variados, mas centrado num âncora.

O formato foi criado por Silvio Santos na década de 1960 e rendeu inúmeros derivados: Gugu Liberato, Fausto Silva, Celso Portiolli, Eliana e muitos outros. Alguns similares, como Luciano Huck e Sabrina Sato, se firmaram no sábado, quando a concorrência é um pouco menos acirrada.

Silvio e Faustão continuam a reinar nos domingos, mas não vão durar para sempre. O primeiro já tem 86 anos; o segundo volta e meia diz que está exausto e que pretende se aposentar.

Rodrigo Faro desponta como o sucessor natural de ambos, e o mais bem aparelhado neste momento. Já acumula experiência e público fiel, e ainda tem muitos anos pela frente. Sua contratação pela TV Globo deixaria a Record seriamente abalada e tornaria claro que o trono de Faustão seria dele (e não de Huck ou Márcio Garcia).

Mas agora surgem relatos de que Faro estaria prestes a renovar com sua atual emissora. Tranquilidade para os bispos da Igreja Universal, mas um sinal amarelo para a TV Globo: como ficarão seus domingos a médio prazo?

A faixa seria ocupada por algum dos nomes citados? Ou por alguém que ainda não está sendo cogitado? Ou --minha opinião pessoal-- a grade será totalmente reformulada, e o programão de domingo extinto de uma vez por todas?

Tony Goes

tem 54 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.blogspot.com

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem