Publicidade

'Totalmente Demais' estreia equilibrando realismo e fantasia

09/11/2015 - 21h04

Publicidade

DE SÃO PAULO

A primeira cena de "Totalmente Demais" (Globo) foi bastante forte para o horário: uma adolescente de aspecto humilde caminhando no acostamento de uma rodovia, na dúvida entre pedir carona a um caminhão ou se atirar embaixo dele. Um homem a observa de longe, com indisfarçado desejo, e logo descobrimos que se trata do padrasto da moça.

Mas as sequências seguintes deixaram claro que estamos na faixa das 19 horas da Globo. Edição "clipada" e músicas pop introduziram Carolina (Juliana Paes) e Arthur (Fábio Assunção), os protagonistas do núcleo rico da novela.

Ela, acordando sozinha e logo depois tomando um banho de espuma, coisa que pouca gente faz na vida real. Ele, disputando uma prova de caiaque e em seguida entrando com a namorada deslumbrante num conversível vermelho — ainda mais inverossímil.

Não importa. O "produto 19 horas" exige glamour, fantasia e fartas doses de humor. O realismo só aparece lá atrás entre as prioridades. Mesmo assim, ele não faltou no primeiro capítulo de "Totalmente Demais".

Além da garota da cena de abertura, Eliza (Marina Ruy Barbosa), que trabalha num bar de beira de estrada, o espectador também conheceu o duro cotidiano de Jonatas (Felipe Simas), que vende balas nos cruzamentos do Rio de Janeiro. Os dois estão fadados a se apaixonar, é claro.

Os autores Rosane Svartman e Paulo Halm, recém-saídos do bem-sucedido "reboot" de "Malhação", urdiram um exemplar capítulo de estreia. Os principais núcleos da trama foram bem apresentados, sem delongas nem excessos. E os diálogos ainda conseguiram a façanha de conter exposição (quem é quem em relação a quem, etc.) sem soarem forçados.

Ainda houve momentos divertidos, como a irrupção da família de Dorinha (Samantha Schmutz) na casa de sua irmã Carolina. Samantha, conhecida por humorísticos como "Zorra Total" e "Vai que Cola" (Multishow), faz aqui sua primeira novela. E tem uma surpreendente semelhança física com Juliana Paes: as duas interpretam irmãs perfeitamente críveis.

Nos próximos capítulos, Eliza — que não por acaso tem o mesmo nome da protagonista do "Pigmalião" de George Bernard Shaw — fugirá de casa e será lapidada por Arthur, dono de uma agência de modelos. O mesmo tema apareceu há pouquíssimo tempo em "Verdades Secretas", e a Globo merece um puxão de orelhas por repeti-lo tão cedo.

Mas é claro que em "Totalmente Demais" a pegada será muito mais leve. Se os autores conseguirem manter a promessa de personagens complexos, com vilões não totalmente ruins e mocinhos não totalmente bons, teremos uma novela interessante. Sem nada de revolucionário, mas muito bem feita.

TOTALMENTE DEMAIS

Tony Goes

Tony Goes tem 54 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: http://tonygoes.blogspot.com

  • Últimas notícias 
  •  

Publicidade

Publicidade

gostou? leia também

  •  

Publicidade

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha