Celebridades

Venus Williams diz estar 'arrasada e com o coração partido' após acidente fatal nos EUA

A tenista norte-americana Venus Williams
A tenista norte-americana Venus Williams - Reprodução/Instagram/venuswilliams


A estrela do tênis Venus Williams, 37, 11ª colocada do ranking da WTA (Associação Feminina de Tênis), afirmou que está  "arrasada e com o coração partido  após um acidente de trânsito na Flórida (EUA), no qual Venus se envolveu e que levou à morte de um homem de 78 anos

"Estou arrasada e com o coração partido por esse acidente. Meus sentimentos aos familiares e amigos de Jerome Barson. Mantenho-os em meus pensamentos e orações", disse Venus, em sua conta no Facebook. 

De acordo com a polícia, a tenista dirigia um Toyota Sequoia quando tentou atravessar o cruzamento ainda no sinal vermelho. A motorista Linda Barson, 68, que tinha o sinal verde, não conseguiu desviar e bateu no carro da atleta. 

Linda teve alguns ossos quebrados, mas sobreviveu.  Já seu marido, Jerome Barson, sofreu um impacto no crânio e morreu duas semanas depois no hospital, segundo o site "TMZ Sports". O acidente aconteceu em 9 de junho na cidade de Palm Beach Gardens, ao norte de Miami.

A tenista está sob investigação e, portanto, ainda não foi multada ou acusada. Contudo, a família da vítima já anunciou que vai processar a jogadora. 

Venus Williams disse às autoridades que estava no cruzamento quando o tráfego a forçou a reduzir a velocidade e que ela não viu o carro do casal Barson, que passou o sinal verde e bateu com o carro dela na perpendicular.

No boletim de ocorrência, a polícia destaca que a tenista foi a "responsável" pelo acidente. O boletim acrescentou que Williams, vencedora de sete torneios de Grand Slam, não havia consumido drogas nem estava ao telefone no momento da batida.

O advogado da tenista, Malcolm Cunningham, afirmou que "o relatório da polícia avaliou que Williams dirigia a 8 km/h" no momento da batida e que sua cliente não foi indiciada. "É um acidente lamentável e Venus manifesta suas condolências à família, que perdeu um de seus membros", disse Cunningham ao jornal "Miami Herald".


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem