Celebridades

Fala de Mallu Magalhães sobre preconceito repercute nas redes sociais

No programa "Encontro com Fátima", da Globo, desta sexta (23), a cantora Mallu Magalhães causou polêmica ao dedicar a música "Você Não Presta", de sua própria autoria, "a quem é preconceituoso e disse que branco não pode tocar samba". 

A declaração aconteceu logo após a artista debater com a apresentadora Fátima Bernardes e seus convidados sobre o clipe da música que, lançado em maio, foi acusado de racismo — pouco depois, Mallu pediu desculpas publicamente.

Nas redes sociais, o nome da artista foi alçado as termos mais comentados do Twitter. Houve críticas e apoio a cantora.  











A POLÊMICA DO CLIPE

Lançado no dia 19 de maio, o vídeo traz a cantora ao lado de dançarinos negros, que vestem calças jeans e têm o corpo banhado a óleo.

Ativistas afirmaram que o clipe hiperssexualiza os negros, atitude que remeteria ao período da escravidão. Alguns também apontam uma cena em que os bailarinos aparecem em uma escada fechada por uma grade, o que poderia aludir a uma prisão.

Alguns dias depois, Mallu publicou, em sua página no Facebook, um esclarecimento e um pedido de desculpas.

"É realmente uma tristeza enorme ter decepcionado algumas pessoas, mas ao mesmo tempo agradeço a todos por terem se expressado. E reitero o meu pedido de desculpa. É uma oportunidade de aprender", disse. 


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem