Celebridades

Kardashian fala pela primeira vez sobre roubo em Paris, em que implorou para viver: 'Pensei que seria estuprada'

No programa "Keeping Up with the Kardashians", reality show que acompanha a família Kardashian, exibido neste domingo (19) no canal E! Entertainment, nos EUA, a socialite Kim Kardashian comentou o roubo de suas joias em Paris, ocorrido em outubro de 2016.

Ela contou que os ladrões a arrastaram para fora do quarto; ela teve medo de correr e ser baleada nas costas. Kim implorou por sua vida, pedindo ao concierge do hotel, que falasse em francês com os homens.  "Por favor, eu tenho uma família. Me deixe viver!"

Kim contou que, por causa da gritaria, os ladrões taparam sua boca com fita. Ela imaginava que eles fossem terroristas e, neste momento, acreditou que seria estuprada.

"Eles agarraram minhas pernas e eu não estava com roupa de baixo. Ele me puxou contra ele na frente da cama e eu pensei, ok, é agora que eu serei estuprada. Eu estava mentalmente preparada." 

A socialite também acreditava que seria morta pelos bandidos: "Eles apontaram a arma para mim e eu sabia que aquele seria o momento em que atirariam na minha cabeça".

Em janeiro, 16 pessoas foram presas na França por participarem do crime. Estima-se que eles tenham roubado de Kim joias avaliadas em 9 milhões de euros. 

Por conta da repercussão da revelação no programa, Kim usou suas redes sociais para comentar o caso. Ela desabafou no Instagram, publicando a última foto feita em Paris com a família. 

"Eu pensei que era importante compartilhar esta história através do meu ponto de vista e não em uma entrevista onde minhas palavras poderiam ser distorcidas. (...) Esta foi provavelmente uma das experiências que mais mudaram a minha vida. Eu nunca desejaria esta experiência para ninguém, mas aprendi lições valiosas e me sinto abençoada por estar segura em casa com os meus bebês e marido. Para os meus amigos, família e entes queridos, não tenho como agradecer por estarem lá quando eu mais precisei de vocês. À polícia francesa, obrigado pelo seu incrível trabalho duro."



Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem