Você viu?

Jovem que foi ao espaço disse a Jeff Bezos que nunca comprou pela Amazon

Estudante de física holandês se tornou o mais novo a fazer viagem do tipo

Oliver Daemen durante evento com a imprensa no Texas (EUA) - Joe Raedle-20.jul.2021/Getty Images/AFP
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Anthony Deutsch
Amsterdã
Reuters

O adolescente holandês que se tornou nesta semana a pessoa mais jovem do mundo a viajar ao espaço surpreendeu o bilionário Jeff Bezos durante o voo. Ele disse ao dono da Amazon que nunca havia comprado nada por meio do site.

Oliver Daemen, um estudante de física de 18 anos, acompanhou Bezos, seu irmão Mark Bezos e a aviadora Wally Funk, de 82 anos —a pessoa mais velha a ir ao espaço— em uma viagem de 10 minutos para fora da atmosfera terrestre.

Bezos financiou a empresa de exploração espacial Blue Origin por meio da venda de ações no valor de bilhões de dólares em seu negócio de entrega online, a Amazon.

"Eu disse a Jeff, tipo, na verdade nunca comprei algo da Amazon", disse Daemen à Reuters em uma entrevista na sexta-feira (23) no Aeroporto Schiphol de Amsterdã. "E ele disse: 'Oh, uau, faz muito tempo que não ouvia alguém dizer isso'."

Daemen, que foi escolhido após outro candidato que ofereceu US$ 28 milhões (mais R$ 145 milhões) pela viagem cancelar de última hora, descobriu que iria embarcar durante as férias em família na Itália.

"Eles ligaram e disseram: 'Você ainda está interessado?'. E nós pensamos: 'Sim! Sim! Sim!'."

Daemen sonhava com viagens espaciais desde a infância, acompanhou todo desenvolvimento de empresas de exploração espacial, como a Blue Origin, e obteve sua licença de piloto ainda jovem.

"Não pagamos nem perto de US$ 28 milhões, mas eles me escolheram porque eu era o mais jovem e também era piloto e já conhecia bastante sobre isso."

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem