Você viu?

Modelos são acusadas de atentado violento ao pudor por ficarem nuas em sacada

Cerca de 15 mulheres se reuniram em um hotel de luxo de Dubai

Modelos aparecem nuas em sacada de Dubai
Modelos aparecem nuas em sacada de Dubai - Reprodução
São Paulo

Cerca de 15 modelos resolveram posar nuas numa sacada de um prédio de luxo de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. O ato, porém, tem sido considerado atentado violento ao pudor e uma parcela das mulheres foi presa.

Em vídeos que viralizaram pelas redes sociais, é possível ver ao menos 15 modelos nuas, sendo 11 delas ucranianas. Elas posaram para um fotógrafo no alto de um prédio e pareciam não se preocupar com a repercussão.

De acordo com a BBC, a divulgação de material considerado pornográfico é crime nos Emirados Árabes sob pena de até seis meses de prisão ou multa que corresponde ao equivalente a R$ 7.700.

Os envolvidos no vídeo foram enquadrados pela Lei de Decência Pública dos Emirados Árabes por causa da nudez e outros comportamentos obscenos —até prisão por beijo em público já ocorreu no país.

Em comunicado disponibilizado pelas redes sociais, a polícia de Dubai diz que as pessoas detidas estão sendo investigadas pela Promotoria. “Esse comportamento é inaceitável e não reflete os valores e a ética da sociedade dos Emirados Árabes Unidos”, diz trecho.

Embora as leis dos Emirados Árabes sejam consideradas mais liberais que as do Oriente Médio, é proibido, por exemplo, acessar conteúdo pornográfico.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem