Você viu?
Descrição de chapéu pirataria series

China prende suspeitos de piratear séries como 'Friends' e internautas protestam

Portal de vídeos intitulado YYeTs.com disponibilizava programas

Séries de TV como 'Friends' exibem exemplos do comportamento infantilizado
Séries de TV como 'Friends' exibem exemplos do comportamento infantilizado - BBC News Brasil/Alamy
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Xangai
Reuters

A polícia da China anunciou na terça-feira (2) que prendeu 14 pessoas que administravam o portal de vídeos YYeTs.com, que pirateou filmes e séries estrangeiros como "Friends". A ação, no entanto, provocou a revolta revolta de algumas pessoas, que lamentaram a perda dos programas nas redes sociais.

A polícia do polo financeiro de Xangai disse que os suspeitos foram presos por acusações de infração de propriedade intelectual, acrescentando que o site abrigava mais de 20 mil itens pirateados e tinha mais de 8 milhões de usuários registrados.

Os suspeitos obtiveram mais de 16 milhões de iuanes (R$ 13,2 mi) ao longo de um período não especificado graças a taxas de membros e renda de anúncios gerados pelo site, disse a polícia em sua conta oficial de WeChat.

O YYeTs.com não respondeu a um pedido de comentário enviado por email. O tópico "YYeTs.com investigado por vídeos pirateados" logo se tornou um dos mais comentados na rede social Weibo, e os usuários se queixaram por terem sido privados de uma plataforma que disponibilizava séries norte-americanas como "Friends" e "Big Bang Theory".

A China regulamenta rigorosamente seu espaço cibernético, e programas e filmes estrangeiros têm que passar por um processo de aprovação muitas vezes demorado.

Equivalentes chineses da Netflix, como o iQiyi ou a plataforma de vídeo da Tencent Holdings, oferecem uma variedade limitada de atrações do exterior.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem