Você viu?

Avião da British Airways é reciclado para ser usado em gravações de cinema e TV

Companhia decidiu aposentar toda sua frota de jumbos após pandemia

Boing 747 da British Airways faz seu último voo no London Heathrow após anúncio de aposentadoria da frota - Toby Melville - 08.out.20/ Reuters
Sarah Young
Londres

Um jumbo da British Airways encontrou uma nova função como set de filmagem, o que o salvou da pilha de sucata onde dezenas de outros aviões do tipo da empresa aérea foram parar.

A British Airways comunicou que um de seus 747s foi levado ao Aeródromo de Dunsfold de Surrey, no sul da Inglaterra, nesta quinta-feira (22), onde o aeroporto o preservará como set de filmagem de televisão e cinema.

Culpando a pandemia de coronavírus, a BA disse em julho que teria que aposentar toda a sua frota de jumbos, o que causou grande tristeza aos fãs da aviação e da “Rainha dos Céus”, a aeronave que possibilitou voos de longa distância às massas.

A pandemia causou um desastre financeiro no setor de viagens. Proprietária da BA, a IAG relatou uma perda de 1,3 bilhão de euros (R$ 8,6 milhões) nesta quinta-feira e expressou preocupação com a demanda futura.

Em Dunsfold, o 747 providenciará o pano de fundo para gravações internas e externas e será usado para treinamentos, disse um comunicado da BA, que acrescentou que no futuro ele será exposto a visitantes.

Os últimos jumbos da empresa partiram de Heathrow no início de outubro, o fim de uma era do avião comercial mais facilmente reconhecível do mundo graças à sua fuselagem corcunda.

Reuters
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem