Você viu?

John McAfee, criador de antivírus, é detido por usar calcinha como máscara contra Covid-19

'Me recuso a usar qualquer outra coisa, pelo bem da minha saúde', afirma homem

John McAfee, criador de antivírus McAfee
John McAfee, criador de antivírus McAfee - Twitter/JohnMcAfee
São Paulo

John McAfee, 74, criador do famoso antivírus batizado com seu sobrenome, afirmou nesta segunda-feira (10) via Twitter que foi preso no aeroporto da Noruega por estar usando uma calcinha como máscara contra a Covid-19 –e se recusar a trocá-la ao ser abordado pelos policiais.

"Eles exigiram que usássemos máscaras. Eu coloquei minha máscara de fio dental. Eles exigiram que eu a substituísse. Eu me recusei. Briga. Cadeia. Olho roxo. Liberado", disse ele em um tuíte, junto a uma série de fotos que retratariam os momentos relatados.

"Estou insistindo que é o mais seguro neste momento e me recuso a usar qualquer outra coisa - pelo bem da minha saúde", disse.

Após algumas horas de detenção, McAfee foi liberado. Sua companheira assumiu a rede social dele no período em que ficou detido, e escreveu que "a máscara de calcinha dele não recicla o dióxido de carbono exalado, como nas máscaras de ouvido". "Ele foi preso pelo que acredita", acrescentou.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem