Você viu?

Distribuidora de cerveja Corona é criticada por publicidade associada ao coronavírus

Vídeo publicado no Twitter utiliza o termo 'chegada iminente' para anunciar nova bebida

Cerveja Corona
Cerveja Corona - Edgard Garrido/Reuters
Nova York

A Corona USA, que distribui a famosa cerveja mexicana Corona nos Estados Unidos, recebeu críticas por um anúncio que associa o nome da bebida ao novo coronavírus. 

Em um breve vídeo, divulgado na segunda-feira (24) no Twitter e visto sete milhões de vezes, a Corona USA utiliza o termo "chegada iminente" para anunciar uma nova bebida, em aparente relação ao surto do novo coronavírus nos EUA.

No Twitter, muitos reagiram denunciando uma propaganda de "muito mau gosto". "Agora estou certo de que não voltarei a comprar [a cerveja]", escreveu um internauta. Constellation Brands, a empresa matriz da Corona USA, não respondeu à AFP sobre a questão.

Segundo pesquisa YouGov publicada na quarta-feira (26), a popularidade da cerveja Corona nos Estados Unidos caiu desde o relato do primeiro caso de coronavírus no país, no final de dezembro. A mesma pesquisa revela que as intenções de compra são as mais baixas em dois anos.

Constellation Brands tem repetido desde o início da epidemia que não há conexão entre a cerveja que vende e o vírus, exceto pelo nome similar.

AFP
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem