Você viu?

Carta de Einstein dizendo que duvida da existência de Deus é leiloada por R$ 11 milhões

Um ano antes de morrer, cientista argumentou contra a Bíblia e a religião

O físico Albert Einstein escreve equação em quadro-negro, no observatório de Mount Wilson, nos EUA
O físico Albert Einstein escreve equação em quadro-negro, no observatório de Mount Wilson, nos EUA - AFP

Uma das cartas mais famosas de Albert Einstein, datada de janeiro de 1954, quando ele tinha 75 anos, foi leiloada na última terça-feira (4) em Nova York por US$ 2,89 milhões, o equivalente a mais de R$ 11 milhões. 

Em um dos trechos mais emblemáticos, ele duvida da existência de Deus. “A palavra Deus não é para mim mais que a expressão e o produto da fraqueza humana”, escreveu o cientista. 

A carta, escrita um ano antes de ele morrer, era uma resposta ao filósofo judeu alemão Eric Gutkind, que havia enviado para Einsten uma cópia de seu livro “Escolher a Vida: O Chamado Bíblico à Rebelião”. A carta possuia duas páginas nas quais Einstein abordava temas como a religião e a busca do sentido da vida.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem