Você viu?

Representante do Amazonas, Rosie Oliveira vence Miss Bumbum 2017



Aos 28 anos, Rosie Oliveira foi a vencedora do Miss Bumbum 2017. A representante do Amazonas venceu outras 15 finalistas. Com 100 cm de quadril, Oliveira ficou em primeiro lugar, seguida de Raíssa Barbosa, do Acre, e Jane Ferreira, de Pernambuco em segundo e terceiro lugares, no evento que ocorreu nesta segunda (6), em São Paulo.  

Jornalista por formação, Rosie disse, em entrevista ao "UOL", que precisou escolher entre a carreira de modelo ou o relacionamento com o ex-marido. "Eu me separei para disputar o concurso. Ele me mandou escolher mas eu já tinha feito a inscrição. Não me arrependo da escolha", afirmou. 

A representante do amazonas também se mostrou engajada com questões sociais —inclusive com política: "Quero que a política no Brasil melhore, que possamos ter tranquilidade e garantir saúde, educação e segurança a todos". 

Procurado pelo "F5", Cacau Oliver, um dos organizadores do evento, comentou sobre o prêmio final. Além dos contratos publicitários, Cacau disse Rosie foi convidada para ser capa da revista "Playboy" de Portugal, e que a equipe da publicação deve vir ao Brasil nos próximos dias para contatá-la e fazer o convite pessoalmente.

'MACHISMO NÃO'

No final da premiação, enquanto Oliveira posava para fotos, um homem se aproximou e passou a mão em seu bumbum. A Miss Bumbum se virou irritada e acertou um tapa no rosto do homem, que não foi identificado.

"O que ele fez é machismo, é exatamente isso que eu quero combater. Não é porque eu sou Miss Bumbum que posso ser desrespeitada", disse a modelo, logo após o ocorrido.  

Ao "F5", Cacau disse que uma das grandes preocupações do concurso é não compactuar com atitudes machistas. "Nós, [da organização] do concurso condenamos toda forma de machismo. Tanto nas redes sociais quanto com o que aconteceu ontem".

"Não é porque uma mulher está participando de um concurso de beleza que, de certa forma, ela está ali para que um homem faça o que bem entender ou fale o que bem entender."

A COMPETIÇÃO

Desde 2011 o Miss Bumbum reúne 27 candidatas para concorrer o título de o "bumbum mais bonito do Brasil". As representantes estaduais vão para votação on-line e, do voto público, saem 15 finalistas. 

As 15 modelos selecionadas se apresentam na final, em uma apresentação livre. Para o organizador Cacau Oliver, a liberdade das competidoras é uma vantagem: "Cada candidata escolhe a sua música, sua roupa, seu tema, e ela tem que convencer a esses jurados, nessa performance livre, o por que ela deve ser a vencedora", disse ele ao "F5".

Oliver também explicou quais foram os quesitos para selecionar a vencedora: "É levado em conta a simetria e, é claro, ter um bumbum bonito e livre de próteses". Além das próteses, não é permitido ter feito intervenções cirúrgicas e, antes de entrar na competição, as modelos assinam um termo de responsabilidade afirmando não terem se submetido à procedimentos cirúrgicos. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem