Você viu?

Paris abre restaurante nudista para competir com Londres

O'Naturel, o primeiro restaurante nudista de Paris
O'Naturel, o primeiro restaurante nudista de Paris - Reproduação


Deixe as roupas, os sapatos e a vergonha do lado de fora para entrar no O'naturel, em Paris (França). Um restaurante onde estar bem vestido significa estar nu. Além de praias, acampamentos e spas, Paris tem um espaço para naturalistas degustarem um jantar "ao natural".

Embora este seja o primeiro restaurante nudista da França, o modelo já existe em Londres, na Inglaterra. Inaugurado em 2016, o The Bunyadi tem lista de espera de meses —o que pode fazer com que turistas nudistas procurem a opção francesa.

De acordo com o jornal local "Le Parisien" o espaço foi inaugurado no dia 3 de novembro. O restaurante pode receber 40 pessoas sentadas e os pratos custam em torno de 30 euros (cerca de R$ 115). 

Os irmãos Mike e Stephane Saada, os donos do restaurante, não são nudistas. No entanto, viram no mercado uma oportunidade de ouro. "As pessoas só podiam ser nudistas no verão", comenta Stephane. Na cidade, todos os outros pontos de nudismo são ao ar livre.

O jantar é acompanhado de algumas regras: celulares e aparelhos eletrônicos devem ser deixados na chapelaria, junto com as roupas. Além disso, qualquer comportamento inapropriado ou sexual não é tolerado.

Os únicos autorizados a manter as roupas são os adolescentes, que também só podem frequentar o local acompanhado dos pais, e a equipe do restaurante, que mantém a vestimenta por questões de higiene.

As cadeiras são revestidas com um tecido preto, que é trocado quando os clientes deixam a mesa. Por questões de segurança e para manter os clientes confortáveis, pessoas "mal intencionadas" podem ser barradas. "Nudez não tem que representar sexualidade", explica Mike. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem