BBB21

BBB 21: 'Black power é coroa', diz Tiago Leifert a Rodolffo

Cantor sertanejo comparou peruca de fantasia ao cabelo de João Luiz

João Luiz - Fabio Rocha/Globo
São Paulo

Antes de anunciar o eliminado no Paredão só Big Brother Brasil 21, o apresentador Tiago Leifert explicou para Rodolffo a importância do cabelo black power do professor João Luiz. O discurso do apresentador acontece após o episódio de racismo no programa no qual ele comparou a peruca que estava usando no Castigo do Monstro com o cabelo do colega de confinamento.

Leifer disse para o cantor "falo para você de homem branco para homem branco" que sofria bullying na escola devido ao cabelo que não era liso. Segundo, isso não fez a menor diferença na vida dele.

No entanto, Leifert falou que o cabelo black power do João não é um penteado, é um símbolo de luta e resistência. " Nos Estados Unidos eles vestiram o black power para dizer que se amavam. Eles eram obrigados a levantar de ônibus e sair de restaurantes", explicou.

Leifert destacou ainda que durante muito tempo um cabelo black power foi associado a uma coisa feia e até bem pouco tempo atrás não existia maquiagem para uma pele negra como a da Camilla de Lucas.

" O black [power] é coroa, quem me ensinou isso foi Alexandre Santana que tem o apelido racista de Babu, que vem de babuíno. Ele usa o Babu como resistência e me deu uma aula de black power", disse Leifert.

​Durante o discurso de Leifert, Camilla de Lucas chorou emocionada e explicou que usa peruca porque está em processo de transição capilar e não porque não gosta do próprio cabelo. Leifert disse que o program precisava se posicionar sobre o episódio de racismo e que entende que Rodolffo não teve a intenção, mas compreende a dor de Joõa.

"O sem querer e de propósito daquele jeito magoam igual. Bora estudar, ver filme. Cara você é um artista, a nossa obrigação é ir atrás [de se informar]", finaliza Leifert.

Rodolffo foi acusado de racismo neste sábado (3) por diversos usuários das redes sociais após um comentário sobre João Luiz no BBB 21 (Globo). O cantor sertanejo comparou a peruca que está usando no Castigo do Monstro com o cabelo do colega de confinamento.

Na dinâmica do programa na segunda (5), o professor mineiro expôs para os colegas o episódio de racismo envolvendo o cantor sertanejo.

O professor mineiro, que chegou a chorar depois, revelou ter ficado chateado com a situação em conversa com a amiga Camilla de Lucas na despensa. "Eu estava ajudando os meninos a colocar a roupa do Monstro e aí, na hora de colocar a peruca, o Rodolffo falou assim: 'Nossa, o meu cabelo está igualzinho ao do João'", relatou.

A influenciadora disse ter percebido que João estava chateado com algo. "Sabia que era alguma coisa relacionada a isso", afirmou. João prosseguiu com a história. "Aí eu fiz assim: 'Não, não tá igual, é diferente'. Falei só isso", contou.

O Castigo do Monstro se chama "Idade da Pedra" e consiste em ficar vestido como homem das cavernas, segurar sempre um tacape. Sempre que uma música toca, os castigados (além de Rodolffo, Caio) precisam ir até uma base no gramado e ficar se movimentando até o som parar.

"Fiquei muito desconfortável e não consegui dizer que não achei legal", lamentou João. "Acho que ele nem percebeu que eu não achei legal. Foi chato, muito chato. Fiquei pensando: 'Não sou o homem das cavernas só porque meu cabelo é desse jeito'."

"Para mim dói mais que um murro na cara, é muito doido", afirmou. "Na hora que aconteceu, eu fui para um lugar na minha cabeça que eu não imaginei que eu precisaria acessar, entendeu? E ao mesmo tempo, é aquele papo que eu tive lá no quarto assim com você, eu não quero tá nesse lugar de ficar toda hora corrigindo, sabe?"

O comentário revoltou diversos internautas, que acusaram o cantor de racismo. "O cabelo do João Luiz é lindo!", comentou um deles. "Quem já sofreu racismo assim, disfarçado de piada, sabe o quanto essa agressão deixa a gente paralisado. Próximo paredão Rodolfo tem que sair com novo recorde."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem