BBB21

BBB 21: Carla Diaz chora após críticas de Fiuk; Karol volta a ser acusada de xenofobia

Brothers ainda comentam tretas dos últimos dias neste domingo

Carla Diaz - Fabio Rocha/Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Os desentendimentos dentro do Big Brother Brasil 21 não param, e dessa vez foi a atriz Carla Diaz quem sentiu a pressão dos companheiros e caiu no choro ao conversar com o professor de geografia João Luiz relatando críticas que tem ouvido de outros participantes.

O problema começou quando Carla tentou conversar com Lumena e afirmou que sentia uma resistência da colega em se aproximar, desde o início do programa. A psicóloga concordou e afirmou ter sentido a mesma resistência por parte da atriz: “Esse sentimento que você teve, eu também tive”, disse ela.

Ao ser questionada do porquê disso, Lumena afirmou que "pode não ser alguma coisa que você fez, mas alguma coisa que não fez", disse ela sem explicar. Apesar de não terem brigado, Lumena já tinha gritado com Carla na noite da festa Herança Africana, enquanto a atriz tentava conter uma discussão.

Após a tentativa de conversa entre Lumena e Carla, foi a vez de Fiuk alertar a atriz sobre seu comportamento no programa. “Você quer falar, quer dar sua opinião, quer convencer”, afirmou o ator e cantor, destacando que Carla não costuma ouvir as pessoas. “Tenta entender o lugar de cada um”, aconselhou ele.

A conversa deixou a atriz muito emocionada, o que a fez questionar se João Luiz concordava com os dois participantes. O professor, no entanto, discordou e disse que nunca viu esse comportamento nela. “Em todos os momentos em que a gente estava você foi, inclusive, respeitosa demais”, afirmou ele.

KAROL CONKÁ

A cantora Karol Conká também movimentou as redes sociais neste domingo com críticas e até pedidos de expulsão da artista. O nome dela, que chegou a ficar entre os mais comentados no Twitter, foi associado a xenofobia e intolerância religiosa, devido a comentários que ela fez sobre Juliette e Lucas.

“Queria um paredão entre a Karol Conká e a Juliette, para ver a cara dessa mulher no chão quando ela fosse eliminada”, afirmou uma internauta. “Karol está fazendo músicas feministas e atacando mulheres dentro da casa por causa de homem”, comentou outra. “Karol disse que não se sente confortável em comer com o Lucas. Isso é de uma crueldade...”, disse mais um.

Entre os comentários da cantora que foram criticados estão as imitações do sotaque da paraibana Juliette e uma encenação em que afirmava que, no próximo desentendimento com Lucas, colocaria ele numa roda, com todos rezando ao redor. Ela chegou a falar sobre o comportamento de Carla Diaz, que, segundo ela, seria para seduzir Bil.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem