BBB20

BBB 20: Entenda polêmica de mulheres contra homens, 'teste de fidelidade' e rejeição de Bianca

Discussões esquentaram reality nos últimos dias

A polêmica entre Marcela, Hadson e Mari Gonzalez - Victor Pollak/Globo
São Paulo

Em apenas duas semanas de confinamento, os participantes do BBB 20 já se estranharam, entraram em discussões acaloradas e até se envolveram em possíveis casos de assédio. 

Nos últimos dias, uma estratégia de jogo acabou servido de base para a maior discussão da edição até então, que foi exibida em ordem cronológica no programa desta segunda-feira (3), com narração de Tiago Leifert. 

Tudo começou quando Hadson disse para Marcela e Gizelly que os brothers teriam um plano de sedução para Mari, o que seria um "teste de infidelidade", já que a sister tem um namorado fora da casa. O brother disse que os homens da casa estavam usando Lucas "para distrair, para que as mulheres cedam, as que são casadas lá fora".

Antes disso, Hadson, Lucas, Petrix, Guilherme, Felipe e o já eliminado Chumbo haviam conversado entre si sobre como fazer com que as mulheres "queimassem" sua imagem para os espectadores, focando inicialmente em Mari.

Ao ouvir o plano, Marcela disparou que não concordava com essa estratégia de jogo e não compactuaria com ela. Nos dias seguintes, ela começou a perceber as aproximações de Lucas para com Mari, e se juntou a Gizelly para avisar a amiga na madrugada desta segunda-feira.

O momento gerou muita comoção entre as mulheres da casa, que se juntaram em um quarto para debater o assunto. Em seguida, todas foram tirar satisfação com Hadson na área externa da casa, o que gerou uma das cenas mais comentadas do BBB 20.

Confrontado, Hadson negou: "O único plano que existiu entre nós é que a família JJ não votava em JJ. Isso eu assumo e garanto [...] Você está deduzindo coisa errada", disse em frente a todos. "Vamos raciocinar. Me acusem do que quiser, do que eu tenha falado, não do que vocês acham que eu falei. Vamos ser coerentes". 

Flayslane, então, questionou "qual o plano para Mari?", e Hadson afirmou que seu problema com a sister havia sido pelo Castigo do Monstro que ela o deu. A resposta não foi convincente para as sisters, que continuaram o confrontando. Flayslane e Rafa chegaram a dizer que o brother deveria aprender com suas "atitudes machistas".

A cena parecia demonstrar que as sisters estavam se reunindo contra os brothers –com exceção de Pyong, Babu e Vitor Hugo. No entanto, momentos depois da discussão, Bianca (também conhecida como Boca Rosa) questionou a veracidade da fala das sisters. "Eu não acredito", disse ela em uma roda só de meninas, pedindo para que lhe contassem a verdade.

"Bia, acorda. O Hadson é o vilão dessa edição", alertou Manu Gavassi. "Não amiga, não adianta, ninguém vai me manipular não", respondeu Bianca. A influenciadora chegou a perguntar a Hadson sobre se ele era sincero com ela e com Mari, e recebeu um "sim" como resposta. Em outras ocasiões, reforçou que não seria "manipulada", mas que não queria ser excluída.

Por ter desacreditado das colegas da casa, Bianca acabou sendo criticada nas redes sociais e a hashtag "Fora Boca Rosa" subiu no Twitter em poucos minutos, permanecendo entre os assuntos mais comentados na durante essa segunda-feira. Alguns internautas notaram que a quantidade de seguidores da influenciadora também caiu.

MARCELA, GIZELLY, RAFA E MANU CONTINUAM NA LUTA

Após as discussões, os brothers se dispersaram e a união das mulheres, aparentemente, ficou balançada. Bianca permaneceu questionadora sobre o acontecimento, dizendo que os homens "são gente boa", enquanto Flayslane pareceu começar a rever o caso. 

"Quanto mais eu escuto todo mundo, mais eu tenho certeza de que elas foram muito sacanas. E eu via, né? Participei de muitos momentos com elas. Marcela não tem má intenção no coração, mas ela é maleável", opinou a cantora. Mais tarde, citando Gizelly, ela disse: "Não estou suportando nem ouvir a voz, podre, falsa. Todo mundo comprando a conversa dela".

Mari também se abriu para conversar com os homens, apesar de magoada. Nas últimas horas, ela tem sido vista conversando com os homens da casa, em clima de descontração, e por vezes ao lado de Bianca. Gabi e Thelma não chegaram a tomar partido após a confusão, mas ficaram ao lado das mulheres durante a madrugada em que houve o problema. 

Quem acabou continuando na briga, portanto, foram Gizelly, Marcela, Rafa e Manu Gavassi, que permaneceram conversando após a entrada ao vivo na noite de segunda, seguindo assim na manhã desta terça-feira (4).

Percebendo a perda de apoio entre as mulheres, Gizelly chegou a comentar que não sabia se ela e Marcela haviam acertado ao contar para Mari o que ouviram. Mesmo assim, ela recebeu apoio de Victor Hugo, que disse ter admirado a coragem da sister. 

Defensora da causa das mulheres, Manu também sempre se mostrou ao lado das mulheres. "Vamos destruí-los", disse ela no dia da briga, em referência aos homens da casa.

Marcela também refletiu sobre como o caso repercutiu na casa, fazendo um paralelo com a realidade fora dela. "Toda vez que uma mulher levantar sua voz, vai ter gente duvidando [...] Toda vez que a gente se impor, a gente vai ser taxada de louca. Louca é um termo que as pessoas usam para não validar a opinião das mulheres".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem