BBB19

'Hariany não compactua com valores de Paula', diz madrinha de goiana

Parente acredita que comentários polêmicos de Paula prejudicam Hari

Hariany aguarda decisão do paredão
Hariany aguarda decisão do paredão - TV Globo/Divulgação

Marcela Ribeiro
Rio de Janeiro

Emparedada três vezes seguidas, Hariany já foi indicada por Maycon e Alan para disputar sua permanência no programa e também esteve no primeiro paredão do programa com mais 13 brothers. Ludimila Spíndola, madrinha da goaiana, acredita que os participantes votam nela para não ficarem mal com os demais.

"Por ela ter um jeitinho mais reservado, a justificativa da afinidade pesa na hora de votar. O pessoal vota nela e na Paula porque é extremamente conveniente para não se indispor com o outro grupo. Acho que isso está prestes de mudar e creio que a Hariany não vá para o próximo paredão porque essa dinâmica está mudando", conta.

"Não acho que possa ser uma perseguição, é simplesmente conveniente para eles votar nela, pois as meninas não estão combinando voto com ninguém", completa.

Ludimila acredita que os comentários polêmicos de Paula no programa podem prejudicar Hariany no jogo, mas considera importante a proximidade das duas.

"Claro que pode vir a prejudicar, mas a Paula tem sido a companheira da Hariany ali dentro e ela não sabe da repercussão aqui fora. A gente acredita que a Paula é um reflexo da sociedade brasileira. A Hariany não compactua com valores neste sentido. Ela nunca aqui fora da casa falou nada neste sentido. Ela se dá bem com todas as pessoas, não tem comportamento racista. Ela está dentro da casa e quem é parceira dela é a Paula. Uma ajuda a outra. Elas só se têm ali dentro, então isso pesa muito".

Na madrugada de quinta-feira, Diego e Hariany se desentenderam após a festa Moda e a sister chegou a chorar e disse que não tem que ser igual a Paulinha na casa.

"O Diego é uma pessoa que ela tinha certeza que ele gostava dela e ele ali questiona porque ela não dá liberdade pra ele e isso é da personalidade dela. As pessoas precisam se respeitar mais. Não é porque uma pessoa é brincalhona que todo mundo tem que ser, isso é de personalidade, de família, de histórico social", defende a madrinha de Hariany.

Ela prefere não palpitar se Diego está interessado em sua afilhada, mas diz que se os dois ficarem na casa, terão o apoio da família.

"Não sei se existe algum interesse por parte dela, a gente não consegue compreender. Se existir, ela é uma mulher de 21 anos, a gente tem total confiança no que ela vai fazer, sentimos muito orgulho dos valores que ela tem demonstrado, da mulher que ela é. A decisão que ela tomar, nós vamos estar do lado dela.

UOL
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem