A Fazenda 10

A Fazenda 10: Peões têm privacidade apenas no banheiro e sofrem com estrume de cavalo ao dormir

Confira 16 curiosidades da 10ª edição do reality da Record

Marcos Mion é o apresentador de 'A Fazenda 10'
Marcos Mion é o apresentador de 'A Fazenda 10' - Edu Moraes/Record TV

Beatriz Vilanova
São Paulo

​Quem acompanha as discussões de Caíque Aguiar, as táticas de Rafael Ilha ou as piadas de Evandro Santo, o Christian Pior, pela televisão, pode ter a sensação de que os participantes de A Fazenda estão realmente isolados do resto da civilização.

É claro que eles não têm contato com as pessoas do lado de fora da estrutura montada para o reality em Itapecerica da Serra (Grande SP), mas isso não quer dizer que não exista uma equipe e infraestrutura detalhadas, completamente voltadas para que cada dia na fazenda transcorra bem.

Além disso, a sensação é que os maiores problemas dos peões são as brigas causadas pelo confinamento, mas o ambiente em que eles estão inseridos também acaba por gerar alguns imprevistos.

Quando cai a noite e os holofotes são acendidos, por exemplo, é comum que mariposas se concentrem em grande quantidade nessa área. Em visita à sede de A Fazenda, que está em sua 10ª edição, a reportagem descobriu essas e outras curiosidades sobre o reality da Record. 

Curiosidades de 'A Fazenda 10'

  1. O dia da grande final será 13 de dezembro de 2018

  2. A 10ª edição é a segunda a ser produzida em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. Antes, ela acontecia em Itú.

  3. Parte da estrutura é desmontada após a final do programa, mas outra parte é fixa e permanece o ano todo, recebendo outros eventos (como o reality Power Couple Brasil).

  4. O espaço que sedia o reality era antes uma colônia de férias. As instalações fixas, onde trabalha a equipe de produção, são na verdade antigos quartos.

  5. Além das câmeras fixas dentro dos quartos, salas e na área externa, há oito câmeras “humanas” operadas por trás dos espelhos vistos na casa. Em um espaço de corredores escuros, ao redor dos cômodos, uma equipe se reveza de oito em oito horas para acompanhar os participantes em completo silêncio. O único lugar da casa que não tem câmeras é o banheiro.

  6. Seis pessoas, entre veterinários e zootecnistas, trabalham 24 horas por dia, em diferentes turnos, para os cuidados dos animais da Fazenda. Quando a temporada acaba, os animais são levados de volta para seu habitat natural.

  7. Os animais de A Fazenda que acabam tendo os cuidados mais difíceis são a vaca e a égua, segundo Fernando Viudez, o diretor do programa.

  8. Em conversa, o peão João Zoli e Cátia Paganote comentaram sobre o cheiro forte de estrume de cavalo, que atrapalha bastante o sono de quem dorme na baia.

  9. Há uma enorme quantidade de mariposas na região, que aparecem especialmente à noite, quando os holofotes são ligados.

  10. A equipe do reality faz manutenção com inseticidas duas vezes por mês na área de A Fazenda.

  11. Há uma unidade de UTI e ambulância disponíveis 24 horas tanto para os participantes quanto para a equipe. Uma UTI móvel também fica a postos para socorrer qualquer urgência ou problema maior.

  12. O espaço de provas começa a ser montado dois dias antes dela acontecer. Mion e a equipe testam todas as possibilidades de problemas que podem ocorrer na dinâmica.

  13. Segundo Rodrigo Carelli, o diretor do núcleo de realities shows da Record, querer ganhar o prêmio, mais do que tudo, é o fator fundamental para ser selecionado como um dos participantes de A Fazenda.

  14. Como Itapecerica da Serra está a cerca de 40 km do centro de São Paulo, há um serviço de transporte que leva e traz os funcionários, todos os dias.

  15. Existem planos para que o PlayPlus funcione com múltiplas câmeras em uma próxima edição, com a possibilidade de o espectador poder escolher através de qual delas quer assistir ao programa.

  16. A próxima temporada do programa ainda não foi confirmada, mas Carelli já afirmou que, se depender dos resultados desta, o reality não irá acabar.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem