Publicidade

televisão

Em comunicado, Record se diz vítima de "campanha de boatos"

29/08/2011 - 13h02

Publicidade

DE SÃO PAULO

Em comunicado oficial divulgado no início da tarde de hoje, a Record se disse vítima de informações "equivocadas" sobre a "recente reestruturação de investimentos". Sem apontar nomes ou veículos, a emissora afirma que seu "objetivo maior" ainda é "assumir o primeiro lugar" em audiência.

O comunicado se refere a notícias divulgadas nos últimos dias a respeito de possíveis mudanças na direção da emissora, hoje a cargo de Honorilton Gonçalves, bispo licenciado da Universal. Uma viagem de Gonçalves com o bispo Edir Macedo , na semana passada causou inquietação na emissora.

Veja trechos do comunicado:

"A Rede Record vem a público informar que foi vítima de uma campanha de boatos.

"Foram publicadas informações sobre mudanças na direção da emissora que trataram, de forma equivocada, a recente reestruturação de investimentos, caminho adotado para que a Record possa seguir desenvolvendo uma programação consistente e inovadora."

"Em respeito à opinião pública, aos telespectadores, anunciantes e aos nossos milhares de parceiros em todo o país, o presidente da Rede Record, Alexandre Raposo, desmente qualquer mudança de rumo: 'A Record segue firme e unida no projeto de liderança no mercado de TV aberta no Brasil."

"Os boatos sobre a mudança de Honorilton Gonçalves, vice-presidente artístico e de produção da emissora, também são desmentidos por Alexandre Raposo. 'É incontestável o projeto vitorioso da nossa empresa. O grupo está feliz e muito satisfeito com o retorno de todo investimento feito nos últimos anos. Assumimos a vice-liderança de audiência e faturamento em todo País e seguimos inabaláveis com nosso objetivo maior de assumir o primeiro lugar. Nada pode tirar este foco da Record. Queremos ser uma opção para quem não aceita o monopólio na TV', afirma."

"A Record enfrenta seguidos ataques, lançados como uma defesa de privilégios e monopólios, sempre com a pretensão de decidir o que o brasileiro deve ler, ouvir ou assistir. O Brasil mudou e agora é a vez da Record. São Paulo, 29 de agosto de 2011."

  • Últimas notícias 
  •  

gostou? leia também

  •  

Publicidade

resumo das novelas

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha