Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Televisão

The Voice+: Fafá de Belém diz que participantes dão aula de coragem

'Cheios de tesão', afirma cantora antes do início de nova fase da atração

Fafá de Belém na segunda Temporada do The Voice+

Fafá de Belém estreou no The Voice+ nesta segunda temporada João Miguel Junior/Globo

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Em sua estreia como técnica no The Voice+, Fafá de Belém, 65, diz que não pensou que fosse se emocionar tanto com os participantes do reality, que busca talentos musicais com mais de 60 anos. Para ela, o programa mostra mulheres e homens que tiveram a "coragem de dar a volta por cima em uma sociedade careta que aponta que quem tem mais de 50 anos é velho e tem que sair do jogo".

"Mas essas pessoas vêm pro jogo, cheias de tesão, cheias de amor, cheias de coragem. Nunca imaginei que seria tão forte, tão renovador e tão reconfortante para o meu coração. Eu entendo que os competidores estão dando uma aula ao Brasil de 'Yes, we can' [sim, nós podemos]", afirma a cantora.

Após a fase de Audições às Cegas, a partir deste domingo (27), o The Voice+ entra em uma nova etapa: o Tira-Teima, que terá duração de três programas. Em apresentações individuais, os técnicos precisarão escolher seis vozes do seu time para continuar na disputa. Cada um deles terá ainda dois Pegueis, ou seja, resgatar dois participantes eliminados de outras equipes —cada time finaliza a fase com oito vozes.

Fafá de Belém revela que a sua estratégia no Peguei é conseguir os participantes para quem ela virou a cadeira nas Audições às Cegas, mas não a escolheram como técnica. "Eu vou pra cima", diz. A cantora acrescenta que inicialmente pensou em formar um time só com mulheres. "Eu canto a dor da mulher, o encontro da mulher, eu canto essa coisa da paixão sem vergonha nenhuma de ser apaixonada", justifica.

Mas, explica a artista, surgiram "esses homens maravilhosos", que também "falam de amor e se jogam". A equipe de Fafá acabou formada por seis homens e seis mulheres. "Meu time está muito bom", analisa.

Assim como a cantora, Carlinhos Brown diz que já estava de olho em candidatos dos times dos colegas. Já Ludmilla deve agir com a intuição no Peguei. "Escolho naturalmente. Se a voz ou o canto de um candidato me diz alguma coisa ou mexe com a minha emoção nem penso, já aperto o botão. Depois a gente trabalha o que for necessário, mas meu time é completamente marcado pela emoção", ​afirma.

Toni Garrido, por sua vez, conta que adotará uma estratégia diversificada analisando quais são as vozes importantes para a sua equipe, mas também de olho em apresentações especiais. "Acho que é uma fase também que a gente precisa de muita sorte, o Michel Teló já mostrou isso para gente. Talvez, o candidato escolhido em um Peguei seja o campeão do programa", diz o cantor lembrando do jurado do The Voice que na última temporada formou uma equipe apenas com os eliminados e ainda assim venceu.

Garrido e Ludmilla pontuam que na fase Tira-Teima a competição fica mais acirrada. "De cara, o que a gente repara é que os cantores estão mais confiantes. Antes, nas Audições, eles estavam felizes por participarem do programa. Agora já é uma emoção diferente de: 'será que eu chego nesta final?'", diz o vocalista do Cidade Negra.

O quarteto de jurados lembra que mais do que a disputa em si, o The Voice+ apresenta mensagens de esperança e superação. "O bom mesmo é ver na história pessoal de cada um como são resilientes e fortes esse grandes profissionais que nós estamos encontrando ali. É lindo", conclui Carlinhos Brown.

Veja como estão os times para a próxima fase:

Time Brown: Dionisya Moreira; Marina Tartarini; Acaciamaria; Fhernanda Fernandes; Cris Nunes; Walter Ramalho; Avelino Bezerra; Elaine Anunan; Jurandir Vieira; Elvis Carvallo; Zê Azemar; Severo Ramos.

Time Fafá: Arlindo Moita; Cássia Portugal; Atilio Ancheta; Ninah Jo; Marcília de Queiroz Pinheiro; Clarisse Grova; Sandra Frascá; Ernesto Aun; Emílio Seresteiro; Jozenaldo Pereira; Ilma Brescia; Osny Melo.

Time Ludmilla: Maurício Gasperini; Chico Aafa; Sueli Costa Gomes; Vando Lipert; Elizeth Rosa; Regina Dias; Geraldo Mamedh; Ione Papas; Dilma Oliveira; Gilton Della Cella; Sabarah; Denise Pinaud.

Time Toni: Lucinha Bosco; Alba Lirio; Narriman Senden; Wilma de Oliveira; Wander Borges; Jhusara; Eliane Vidal; Luciene Sampaio; Junior Vieira; Vera de Maria Maga; Hélio Henriques; Nice Luz.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem