Televisão

'Sob Pressão' terá edição especial com episódios sobre coronavírus

Trama começou a ser gravada em agosto e estreia ainda neste ano

Júlio Andrade em Sob Pressão
Júlio Andrade na série Sob Pressão, série da Globo, com coprodução da Conspiração Filmes - Divulgação
São Paulo

A série "Sob Pressão" (Globo) terá dois episódios inéditos para homenagear profissionais de saúde que atuam no combate ao novo coronavírus. A edição especial, chamada de "Sob Pressão - Plantão Covid", começou a ser gravada em agosto e sua estreia está prevista para este semestre.

“A série é reconhecida por incorporar os problemas da saúde pública do Rio de Janeiro e do Brasil, e essa é uma das nossas características mais fortes. Muitas das histórias que vimos acontecer recentemente foram expostas nas tramas das temporadas. Era inevitável que fizéssemos isso também com a Covid", afirma o autor Lucas Paraizo.

"Nesta edição especial, todos os profissionais de saúde da série têm uma história forte, todos são protagonistas. Essa foi a forma que encontramos de homenagear essas pessoas”, acrescenta.

Nos episódios, Carolina (Marjorie Estiano) e Evandro (Julio Andrade) são convocados a voltarem ao Rio de Janeiro, após uma missão humanitária no interior do Brasil. A dupla de médicos é chamada às pressas pelo doutor Décio (Bruno Garcia) para trabalhar em um hospital de campanha montado para atender aos pacientes infectados pela Covid-19.

Serão contadas histórias de pacientes enfrentando o vírus desconhecido e os dramas pessoais e profissionais de Carolina, Evandro e do corpo médico formado por Décio, Charles (Pablo Sanábio), Vera (Drica Moraes), Keiko (Julia Shimura) e Rosa (Josie Antello), além dos recém-chegados à equipe, o neurocirurgião Mauro (David Junior) e a enfermeira Marisa (Roberta Rodrigues).

As gravações aconteceram em um hospital de campanha cenográfico, montado especialmente para esta edição. “Recriamos o hospital de campanha e, dentro dele, estamos trabalhando como se estivéssemos realmente no enfrentamento, cara a cara com a Covid, só que sem ter o paciente doente”, diz o diretor artístico Andrucha Waddington.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem