Televisão

'Minha prioridade é cuidar da minha família', diz Marcius Melhem após deixar a Globo

Ator, comediante e roteirista estava na emissora havia 17 anos e comandava projetos de humor

Marcius Melhem no programa Fora de Hora (Globo)
Marcius Melhem no programa Fora de Hora (Globo) - Victor Pollak/TVGlobo
São Paulo

Marcius Melhem, 48, deixou a Globo após 17 anos. O contrato do humorista foi encerrado nesta sexta-feira (14), após cinco meses de afastamento. Em março, ele pediu para deixar o comando do núcleo de programas de humor da emissora para acompanhar de perto o tratamento de saúde de uma das filhas.

Casado com Joana Rosenfeld, Marcius é pai das gêmeas, Nina e Manuela. "Por enquanto, a minha prioridade é mesmo cuidar da minha família, em especial uma das minhas filhas que está se recuperando bem de um procedimentos cirúrgico", contou ao F5 após a notícia do encerramento de contrato.

"Mas eu amo o que eu faço e a cabeça nunca para", afirmou. "Daqui a pouco estarei de volta com alguns trabalhos que estão ainda em fase bem preliminar."

O ator, humorista e roteirista elogiou a empresa que o abrigou por tantos anos. "Sou muito grato à Globo e juntos escrevemos uma história no humor que me deixa muito feliz", avaliou. "Fiz amigos e parceiros profissionais que seguirão comigo. Neste momento, apenas mudei a ordem de prioridade das coisas."

Ele também disse que pretende voltar a trabalhar na emissora com contrato por obra. "Essa nova relação de trabalho que a emissora vem propondo com seus talentos permite uma liberdade muito positiva para os artistas, que podem experimentar diferentes projetos e formatos", disse.

A Globo, por sua vez, divulgou comunicado em que afirma que a decisão de não renovar o contrato foi tomada por ambas as partes. "A Globo e Marcius Melhem, em comum acordo, encerraram a parceria de 17 anos de sucessos", informa comunicado da emissora. "O artista, que deu importante contribuição para a renovação do humor nas diversas plataformas da empresa, estava de licença desde março para acompanhar o tratamento de saúde de sua filha no exterior."

A emissora disse ainda que os conteúdos de humor vão permanecer sob a liderança de Silvio de Abreu, que já comanda os núcleos de dramaturgia diária e semanal. O autor já estava à frente dos projetos de Marcius desde o afastamento dele.

Na época do afastamento de Marcius, circulou uma suposta acusação de assédio moral que teria sido feita por atrizes da área. De acordo com o colunista Léo Dias, em dezembro de 2019, atrizes como Dani Calabresa, Renata Castro e Maria Clara Gueiros procuraram a direção da Globo para se queixarem de assédio. Marcelo Adnet teria se pronunciado a favor das companheiras de trabalho na ocasião.

Em entrevista ao F5, Adnet disse que não presenciou nada. "Até saiu que eu testemunhei e me coloquei do lado delas, mas isso não aconteceu. Também não quis desmentir oficialmente para não parecer que eu não estava do lado delas. É muito simples. O Marcius é meu amigo, a Dani Calabresa também, todos se falam e acho leviano falar porque não presenciei."

O próprio Marcius afirmou na ocasião que seu afastamento era em razão de um problema de saúde de uma de suas filhas.​

Em suas redes sociais, ele também comunicou sua saída aos fãs. "Tive muito orgulho de fazer parte de uma equipe que desenvolveu novas linguagens, que colocou diversidade e tolerância em pauta e que virou sinônimo de liberdade", escreveu. "Essa liberdade e essa renovação foram abraçadas por público e crítica, e trouxeram prêmios importantes —como o APCA— e duas indicações ao Emmy Internacional."

"Foram muitos anos de muito trabalho", continuou. "Mas já há algum tempo vinha conversando sobre diminuir essa intensidade e dedicar mais tempo à minha vida pessoal, ver minhas filhas crescerem e participar mais disso."

"Este ano, por conta de um delicado tratamento de saúde, tive que me ausentar e viajar com a família e nos fecharmos para passarmos juntos por isso", dividiu. "Esses meses fora me deram a certeza de que precisava de uma nova relação com o tempo dedicado ao trabalho."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem