Televisão

'Big Brother' dos EUA deve ter edição com ex-participantes em julho

Segundo revista, irmão de Ariana Grande está negociando retorno ao reality show

Frankie Grande, irmão da cantora Ariana Grande
Frankie Grande, irmão da cantora Ariana Grande - AFP
São Paulo

A rede de televisão CBS está preparando a 22ª temporada do "Big Brother" nos Estados Unidos, que deve estrear em julho e contar com ex-participantes do reality show, de acordo com a "US Weekly".

Uma fonte contou à publicação que as medidas de isolamento social impostas pela pandemia de coronavírus adiaram a data de estreia, mas apenas em uma semana. Inicialmente, a emissora trabalhava com a data de 15 de julho para começar as transmissões; agora, elas devem começar no dia 22 do mesmo mês.

Mesmo assim, ainda é possível que haja novo adiamento caso não haja uma melhora no número de infecções por Covid-19 nos Estados Unidos. A pandemia, aliás, também é responsável por outras mudanças na competição: os participantes serão isolados 14 dias mais cedo para ficar em quarentena antes de entrar na casa e a equipe vai seguir um protocolo diferente do adotado nos anos anteriores.

A publicação diz ainda que não será uma temporada com todos os vencedores das edições anteriores, como algumas pessoas chegaram a cogitar. Mas, apesar de ninguém ter sido confinado ainda, participantes de edições anteriores estão negociando o retorno.

"Os contratos ainda estão em negociação, mas os termos de sigilo já estão assinados", disse a fonte. A revista diz que diversas fontes apontam que entre os ex-participantes devem estar Janelle Pierzina (temporada 6), Ian Terry (temporada 14), Tyler Crispen (temporada 20) e Frankie Grande (temporada 16), que vem a ser meio-irmão da cantor Ariana Grande.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem