Televisão

Boninho diz que No Limite pode voltar à programação da Globo

Reality foi o primeiro produzido pela emissora há 20 anos

Integrantes da equipe Lua, da qual fez parte a vencedora, a cabeleireira Elaine (à direita), em prova da primeira edição do programa No Limite, em 2000
Integrantes da equipe Lua, da qual fez parte a vencedora, a cabeleireira Elaine (à direita), em prova da primeira edição do programa No Limite, em 2000 - Divulgação
São Paulo

Primeiro reality show produzido pela Globo, o programa No Limite, que estreou há 20 anos, deve voltar à grade da emissora. Quem contou a novidade foi o diretor Boninho.

Nesta segunda-feira (20), em troca de mensagens com seus seguidores no Instagram, um deles escreveu: "Faz uma nova temporada de No Limite". Boninho respondeu: "Tá na nossa agenda".

Apresentado por Zeca Camargo, a primeira temporada do No Limite foi exibida em julho de 2000, em uma praia deserta no Ceará. Os participantes passavam por provas de resistência e sobrevivência. O programa tinha uma proposta bem semelhante a do americano Survivor, da Endemol, também responsável pelo formato do Big Brother.

A primeira edição do reality brasileiro teve como vencedora a cabeleira Elaine, que ganhou um prêmio de R$ 300 mil. Outras duas temporadas foram realizadas, mas o reality foi cancelado no fim de 2001. Ele chegou a ter mais uma edição em 2009, mas sem o mesmo sucesso anterior.

BBB 20

Na troca de mensagens com seus seguidores, Boninho também falou sobre a reta final do BBB 20, que termina na próxima segunda (27).

Assim como em outros anos, três participantes vão disputar a grande final, quando o público deverá decidir quem leva o prêmio de R$ 1,5 milhão.

Ela também disse que não serão realizadas mais provas do líder –Rafa Kalimann conquistou a última liderança. A próxima disputa deverá definir um dos finalistas.

Nesta terça (21), Babu, Manu e Mari disputam um dos últimos paredões do BBB 20.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem