Televisão

André Marques, o tiozinho das crianças, diz que The Voice Kids é 'caixinha de surpresas e de amor'

Programa terá Claudia Leitte, Carlinhos Brown e Simone e Simaria como jurados

Time The Voice Kids: Claudia Leitte, os apresentadores André Marques e Thalita Rebouças, a dupla Simone e Simaria e, na frente, Carlinhos Brown
Time The Voice Kids: Claudia Leitte, os apresentadores André Marques e Thalita Rebouças, a dupla Simone e Simaria e, na frente, Carlinhos Brown - Victor Pollak/TVGlobo
Rio de Janeiro

“O que a gente pode falar de novo?”, se questiona André Marques, 40, que apresenta o programa The Voice Kids desde a segunda temporada, quando assumiu o lugar de Tiago Leifert.

“A fórmula é sempre nova porque são novos sonhos, novas crianças, novas famílias e novas esperanças. É sempre uma nova emoção de uma criança e de uma família porque eles têm histórias parecidas, mas ninguém é igual ao outro. Se já emociona a gente que faz depois de muito tempo, emociona quem está em casa”, diz Marques, que estreia a atração musical neste domingo (5).

Chamado pelas crianças de tiozinho, André Marques afirma que são as histórias de vida das crianças aliadas ao inesperado do desempenho delas na competição que faz com que o programa seja tão bem aceito pelo público e, ao mesmo tempo, crie forte laço de união entre os participantes, situação não vista em outras competições do gênero.

"Somos surpreendidos a todo o programa. Às vezes quem vai cantar fica nervoso e não vai tão bem. Outro que você não esperava tanto e vai bem. É uma caixinha de surpresas e de amor”, diz o apresentador, que está há 25 anos na Globo.

Marques ressalta que a troca de carinho entre as crianças acontece não apenas quando estão no palco, mas durante a preparação e nos bastidores do programa. “Elas são muito menos competitivas que os adultos, e que bom porque depois o caminho da vida leva a gente a ser competitivo. Eles sempre se abraçam e há outros programas com pessoas mais velhas que não tem tanto esse carinho.”

“Eles têm essa doçura mesmo, porque eles não sabem a vida real que vem pela frente. Acho que tem que curtir mesmo. Eles torcem pelo amiguinho”, completa.

Para manter esse espírito, o programa criou a Fantástica Fábrica da Música, um espaço lounge, colorido e com instrumentos musicais no qual as crianças podem interagir e estreitar mais os laços.  "Fizemos uma convivência com as crianças em um cenário no qual decoramos com vários instrumentos. E foi incrível a reação delas”, diz Marques.

A escritora e jornalista Thalita Rebouças fará as entrevistas nos bastidores e mostrará um pouco desse novo cenário lúdico. Ela afirma que se sente um pouco mãe das crianças e, até mesmo, dos pais.

“Cada pai, cada mãe que segura na minha mão é muito importante. Eu me sinto parte da família. Eu sofro junto, às vezes, sofro até mais. Esse programa é muito mágico”, diz a escritora, ao lembrar que, às vezes, as crianças dizem que ela chora mais até que os próprios pais.

Rebouças diz que nunca se sentiu como uma tia deles. “Nunca trato criança e adolescente de forma diferente. Trato de igual para igual. Quando alguém me chama de tia, eu estranho. (...) Quando estou com eles, eu sou parceria. Ninguém me chama de tia, não. Eu me acho uma amiga mais velha que eles gostariam de ter.”

O reality continua no início da tarde dos domingos da Globo após o Esporte Espetacular e traz a mesma composição do corpo de jurados: Carlinhos Brown, Claudia Leitte a dupla sertaneja Simone e Simaria.

As irmãs entram na competição como favoritas já que venceram as duas últimas edições do programa –em 2018, com Eduarda Brasil, e em 2019, com Jeremias Reis. "Acho que a gente tem uma sorte muito grande dos nossos fãs. Sempre que estamos em algo, os fãs se esforçam muito e votam muito. É um ponto positivo. A gente não sabe o que pode acontecer, quem sabe o nosso tricampeonato venha por aí. Quem sabe a gente vire as Telózinhas", diz Simone.

O formato se mantém semelhante às edições anteriores, com cinco fases até a final. A única diferença é que neste ano serão 16 programas, dois a mais que em 2019. O vencedor receberá prêmio de R$ 250 mil e gravará álbum pela Universal Music.

A Globo já confirmou a sexta temporada do reality musical. As crianças entre 9 e 14 anos já podem enviar suas gravações musicais para o programa deste setembro passado.

Como tudo indica, a apresentação deve continuar com André Marque, e Thalita Rebouças nos bastidores. Carlinhos Brown, Claudia Leitte e a dupla sertaneja Simone e Simaria devem continuar no júri.

REGRAS

As regras da versão infantil do reality são bem parecidas com a versão adulta. O programa começa com as Audições às Cegas, passa para Batalhas, Shows ao Vivo, quartas de final, semifinal e a grande final. 

Na primeira fase, os candidatos se apresentam às cegas para os jurados. Se dois técnicos virarem a cadeira, o participante escolhe com quem quer ficar. Ao término, cada time deve ficar com 24 candidatos. Na segunda etapa começa a fase de batalhas. Os técnicos dividem seus times em trios com integrantes do próprio time. No final da apresentação, o jurado escolhe com quem quer ficar. 

A próxima etapa são as apresentações ao vivo que já contam com parte da ajuda do público. Nas quartas de final, o público e os técnicos decidem quem avança para semifinal e, depois, para a grande final. Na decisão final, apenas o público vai escolher quem deve ser o campeão do reality The Voice Kids.  

The Voice Kids

  • Quando 5/jan.
  • Onde Globo

O jornalista viajou a convite da Globo.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem