Televisão

PopStar: Jakson Follmann lembra Chapecoense em homenagem e vai às lágrimas

Ex-jogador havia conquistado a imunidade e por isso abriu o programa deste domingo

Jackson Follmann e Gustavo Mioto no PopStar
Jackson Follmann e Gustavo Mioto no PopStar - Reprodução
São Paulo

Não há dúvidas que Jakson Follmann, 27, tem sido um dos grandes destaques da atual temporada do PopStar, competição musical comandada por Taís Araújo na Globo.

Na última semana, ele havia conquistado a imunidade e, por isso, não recebeu pontos por sua performance deste domingo (1º). Mas nem por isso o ex-jogador deixou de ser elogiado pelos jurados.

A mesa de convidados foi composta por  Luiza Possi, Fafá de Belém, Fernanda Abreu, Paula Mattos, Joelma, Ed Motta, Gabriel Moura, Byafra, Dudu Nobre e o colunista da Folha Tony Goes. Todos ficaram surpresos com a performance emocionante de Follmann.

Ele cantou "Impressionando os Anjos", abrindo a edição, em dueto com o cantor e compositor Gustavo Mioto.

Questionado sobre o porquê de ter escolhido a canção, Follmann lutou para segurar o choro e disse que sua letra representava uma homenagem aos colegas que morreram no acidente do Chapecoense, que acaba de completar três anos.

"Essa foi uma homenagem minha para todas as famílias", disse com lágrimas nos olhos.

​Fafá de Belém também não conseguiu conter o choro ao parabenizar Follmann pela performance, o elogiando por dedicá-la aos colegas.

Essa não é a primeira vez que o ex-jogador emociona nos palcos do PopStar. No começo de novembro, ele cantou Cristiano Araújo e recebeu uma chuva de elogios.

A grande vencedora da atração neste domingo foi Nany People, enquanto Letícia Sabatella ficou em último e deixou o programa.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem