Televisão

Oscar Magrini conta porque deixou Rede Globo: 'Tenho que ir aonde tem trabalho'

Ator está escalado para viver Noé na próxima novela da Record

Oscar Magrini no primeiro dia do festival na segunda semana do Rock in Rio
Oscar Magrini no primeiro dia do festival na segunda semana do Rock in Rio - Divulgação
São Paulo

Após breve participação em "A Dona do Pedaço" (2019), da Rede Globo, Oscar Magrini, 58, comentou motivo que o levou a sair da emissora. "Tenho que ir aonde tem trabalho”, contou ao programa Sensacional (RedeTv!) que vai ao ar na noite desta quinta-feira (10).

O artista disse, ainda, que a saída foi "tranquila": "Eu sou um ator, meu ofício é a arte e eu vou fazer novela". Magrini está escalado para viver Noé na nova novela da Record, "Gênesis".

Com 30 anos de carreira, o ator relembrou sucessos como Ralf, de "Rei do Gado" (Globo, 1996), em que interpretou um de seus primeiros galãs. “Eu tinha 35 anos, era garotão e fortão”, relembra, afirmando que este foi seu único trabalho como "garanhão". 

“Só eu sei as cantadas que tomei e as coisas que aconteceram nessa época. (...) Levava cantada, passada de mão”, afirma. Mesmo assim, Magrini diz não trocar nenhuma outra fase pela atual, por considerar o amadurecimento muito positivo. "Não troco por [ser] um garotão de 40 anos.”

O ator relembrou, ainda, Raul Cortez, com quem contracenou em "Mulheres de Areia" (Globo, 1993). "Ele falou: ‘Magrini, relaxa. Isso aqui é uma grande brincadeira, quando falar ‘gravando’, a gente brinca’. Só que ele era monstro sagrado. Raul Cortez chegava lá e tirava onda. E eu vou brincar como? Minha segunda novela, ainda era cru." 

 
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem