Televisão

Lady Gaga pode enfrentar processo milionário por plagiar 'Shallow' de compositor

Cantora é acusada de plagiar progressão de notas de um artista britânico

 
Lady Gaga com seu Oscar de Melhor Canção Original por "Shallow"
Lady Gaga com seu Oscar de Melhor Canção Original por "Shallow" - REUTERS
São Paulo

A cantora Lady Gaga, 33, pode enfrentar processo milionário na Justiça da Inglaterra depois de ser acusada de plágio em seu sucesso "Shallow", presente na trilha sonora do remake de "Nasce Uma Estrela" (2018) que estrelou ao lado de Bradley Cooper, 44.

De acordo com o jornal britânico The Independent, um compositor desconhecido afirma que Gaga usou a mesma progressão de notas de uma canção dele lançada há seis anos chamada "Almost".

O músico Steve Ronsen usa como principal argumento de que a cantora imitou a progressão das três primeiras notas da canção dele, que são sol, lá e si. 

Segundo reportagem, o compositor pede milhões como forma de ressarcimento da cópia que ele alega que Gaga cometeu. Em entrevista ao PageSix, o advogado de Steve contou que equipe do músico entregou um relatório aos representantes de Gaga mostrando a similaridade sonora.

"Em nome de uma saída amigável, minha equipe entregou a Lady Gaga um relatório oficial, com um renomado especialista determinando que há semelhanças no tempo, ritmo e harmonia entre as canções".

Tanto a cantora quanto seus advogados negam todas as acusações. Segundo os advogados de Lady Gaga, isso não passa de um homem tentando ganhar dinheiro em cima do sucesso dos outros. "Mr. Ronsen e seu advogado estão tentando ganhar dinheiro fácil às custas de uma artista de sucesso".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias