Televisão

Gabriel Fuentes defende seu personagem em 'Malhação': 'Não é ladrão nem mau-caráter'

Após roubar colega da escola, personagem foi preso e terá de enfrentar consequências

O ator Gabriel Fuentes, que interpreta Érico na atual temporada de "Malhação"
O ator Gabriel Fuentes, que interpreta Érico na atual temporada de "Malhação" - Isabella Pinheiro/Gshow

Anahi Martinho
São Paulo

"Érico, ladrão, roubou meu coração". Essa é a mensagem mais frequente nas redes sociais de Gabriel Fuentes, 22, intérprete do personagem dúbio Érico em "Malhação: Vidas Brasileiras", escrita por Patricia Moretzsohn.

Nas últimas semanas, a história de Érico vem ganhando destaque e passa a ser o foco central da novela. O estudante do colégio Sapiência tem boa índole, mas acaba empurrado para o crime e começa a furtar os colegas de escola.

Com peso na consciência, decide devolver uma quantia em euros e em dólares roubados da colega Pérola (Rayssa Bratilieri), mas é pego pelos seguranças do condomínio, entregue nas mãos de policiais truculentos e acaba indo parar em um centro de internação de menores.

Na temporada atual, estudantes de um colégio público entram em uma escola particular por meio de um projeto social coordenado por professores. O choque cultural e as discrepâncias sociais provocam tensão entre os alunos, e o clima se agrava com os furtos de Érico.

Fuentes, que considera seu personagem um herói às avessas, resume o drama de Érico a duas palavras: "sobrevivência e consequência". "Ele é um sobrevivente. Não é ladrão nem mau-caráter, é um menino doce que sonha em reencontrar a mãe", defende o ator. O objetivo do rapaz fica cada vez mais distante quando a mãe, a detenta Violeta (Ana Paula Bouzas) é solta, e ele, preso.

Nascido em Pedro Leopoldo, Minas Gerais, Fuentes se identifica com alguns aspectos do personagem: foi criado apenas pela mãe e deixou a cidade aos 16 anos para estudar teatro. Para dar credibilidade a Érico, que tem 17 anos, precisou abandonar a musculação e afinar o corpo. Mas tudo vale a pena para o galã teen, que comemora a repercussão de seu primeiro papel de destaque na televisão. 

"Não imaginava receber tanto retorno positivo", celebra Fuentes, que reconhece o poder de alcance do personagem. "Muitos jovens se encontram em situação parecida com a dele, de conflito familiar, conflito interno, envolvimento com drogas. Essa temporada aborda temas que precisavam ser falados em rede nacional há muito tempo", diz Fuentes. "A geração de hoje é assustadora em termos de empoderamento, consciência social, respeito às diversidades. 'Vidas Brasileiras' chegou com tudo, a gente precisava disso."

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem