Televisão

'Oscar' do pornô brasileiro terá categorias LGBT em 2015

Em 2014, o 1º Prêmio da Indústria Pornô (PIP) não incluiu categorias gay e trans por falta de inscritos.

Nesse ano, o cenário irá mudar: as categorias "Melhor Filme/Cena LGBT", "Melhor Ator/Atriz LGBT" e "Revelação do Ano LGBT" foram incluídas e o prêmio mudou de nome, passando a se chamar apenas "Prêmio Sexy Hot", nome do canal de TV que organiza a cerimônia.

São 14 categorias, com votação aberta ao público a partir de 13 de julho. Para escolher a melhor cena de orgia ou de sexo oral, por exemplo, basta entrar no site do Sexy Hot e assistir aos clipes indicados ao prêmio. A cerimônia será em 18 de agosto em São Paulo.

No ano passado, a Folha esteve presente nos bastidores do prêmio, que teve Elke Maravilha e Rita Cadillac ente as juradas.

Veja abaixo os vencedores do prêmio em 2014 —entre eles, Ed Júnior, vencedor na categoria "Melhor Ator" pelo filme "Disk Boquete" e Bruna Ferraz, vencedora na categoria "Melhor Cena de Orgia" pelo filme "Amigas da Minha Irmã".

Crédito: Divulgação Vencedores do Prêmio Sexy Hot, "Oscar" do pornô brasileiro, em 2014
Vencedores do Prêmio Sexy Hot, "Oscar" do pornô brasileiro, em 2014

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias