Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Música
Descrição de chapéu Guerra da Ucrânia Rússia

Bono, vocalista do U2, faz show em metrô de Kiev, na Ucrânia

Cantor elogiou a luta do país pela 'liberdade' e pediu que a paz chegue em breve

Bono e soldado ucraniano, vocalista da banda Antytila, cantam em ucraniano dentro de uma estação de metrô
Bono e soldado ucraniano, vocalista da banda Antytila, cantam em ucraniano dentro de uma estação de metrô - Valentyn Ogirenko/Reuters
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O cantor irlandês Bono, do grupo U2, deu um show neste domingo (8) em uma estação de metrô de Kiev, durante o qual elogiou a luta da Ucrânia pela "liberdade" e pediu que a paz chegue em breve.

Da plataforma de uma estação de metrô da capital ucraniana, o lendário músico, de 61 anos, e o guitarrista The Edge apresentaram vários clássicos do grupo, como "Sunday Bloody Sunday", "Desire" ou "With or without you".

"O povo da Ucrânia não está apenas lutando por sua própria liberdade, está lutando por todos nós que amamos a liberdade", disse o cantor.

Bono também fez referência aos conflitos que devastaram seu país, a Irlanda, e os problemas que foram desencadeados com seu poderoso vizinho britânico.

"Rezamos para que em breve desfrutem um pouco de paz", acrescentou.

A apresentação surpresa de Bono — que ao longo de sua carreira colaborou em múltiplas causas, incluindo a luta contra a pobreza e a aids — ocorreu quando as sirenes antiaéreas eram ouvidas em Kiev e no leste do país, onde os combates se intensificaram.

Em um momento do show, Bono convidou um soldado ucraniano a cantar uma versão de "Stand by me".

Entre o pequeno público que assistiu à apresentação estavam membros das forças armadas ucranianas.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem