Música

Ellie Goulding quer contagiar mulheres com força feminista em novo disco e show

Cantora se apresenta via live nesta quarta-feira (26), de dentro de museu em Londres

Ellie Goulding Divulgação

São Paulo

A pandemia do coronavírus não afetou a produtividade de Ellie Goulding. A britânica de 33 anos, famosa por hits como "Love Me Like You Do", "Burn" e "I Need Your Love", lançou em julho um álbum com nada menos do que 19 faixas, que estreou no topo da parada britânica.

"Brightest Blue" é o quarto disco da cantora e traz músicas inéditas –e mais maduras– , que serão apresentadas em show pela primeira vez nesta quarta-feira (26), de dentro do Victoria and Albert Museum em Londres, sem plateia física e com transmissão ao vivo.

“Tudo o que estou esperando é uma luz verde para anunciar minha turnê mundial”, se anima a artista em entrevista via videoconferência. Ela, que já revelou ter sofrido no início de sua carreira por se sentir como um “objeto sexual”, afirma que tem cuidado de si mesma nos últimos meses e, hoje, se sente em “um lugar mais forte”.

“Não aceito nenhuma 'merda' de nenhum homem. E eu quero espalhar isso, quero que isso seja contagioso nas mulheres. Quero que as mulheres se sintam invencíveis, porque elas deveriam se sentir assim”.

Confira a entrevista completa com Ellie Goulding:

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem