Música

Ivan Lins é homenageado em live pelo filho Claudio no dia em que completa 75 anos

Jorge Vercillo e Lenine são os convidados especiais do show virtual nesta terça

Ivan Lins com o filho, Claudio Lins
Ivan Lins com o filho, Claudio Lins - Instagram/ivanlinsoficial
São Paulo

"É a primeira vez que vou ter um momento como esse e já vi que vou chorar à beça." Foi assim que Ivan Lins recebeu a notícia de que seria homenageado no dia de seu 75º aniversário pelo filho, Claudio Lins.

"Vai ser um acontecimento muito bacana. Vão me homenagear e vou ficar aqui quieto, só assistindo. Infelizmente não vou ter o prazer de participar, porque minha internet é fraca, mas estou muito animado em acompanhar tanta gente boa cantando para mim”, completa o cantor.

O show virtual contará com importantes nomes da música nacional como Leila Pinheiro, Jorge Vercillo, Lenine e Luciana Mello. A apresentação online acontece nesta terça-feira (16), às 17h, dentro do festival #ZiriguidumEmCasa, transmitido ao vivo pelo site Palco em Casa.

"Pela natureza da tecnologia que temos disponível, não conseguiria cantar ao vivo com os convidados. Então, pedi para que mandassem vídeos cantando ou tocando, e vou contracenar com eles numa grande TV. Era a melhor maneira de cantar com eles mantendo uma boa qualidade técnica, e tenho certeza de que vai ser lindo“, ressalta o filho de Ivan, que também é cantor e ator.

No repertório, sucessos como "Madalena" e "Desesperar Jamais" serão destaque, mas outras músicas também estarão presentes. "Deixei que os convidados escolhessem as canções. Seria mais justo e bonito cada um tocando e cantando suas preferidas dentro da gigantesca obra do pai. A maior parte das escolhas são sucessos conhecidos, mas adorei ver que alguns convidados escolheram tesouros escondidos do ‘lado B’”, diz Claudio Lins.

Jorge Vercillo, por exemplo, decidiu apostar em uma menos conhecida do grande público: "Romance". "Acho uma das músicas mais sensuais que já conheci. Melodia, letra, imagem, poéticas, falando da mulher de uma maneira tão bonita", afirma o cantor.

A atração também já inicia as comemorações dos 50 anos de carreira do cantor carioca. "O ano de 2020 seria para presentear o meu público com shows em palcos pelo Brasil, mas todos foram cancelados por causa da pandemia", lamenta o cantor, que segue em isolamento social em Lisboa, Portugal.

"Já compus algumas músicas, tenho assistido muitos filmes e séries, além de também estar mexendo com fotografia, algo que sempre gostei", conclui.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem